Uma ampla reflexão sobre a metodologia da pesquisa arqueológica foi publicada em periódico do Museu Goeldi

Capa: Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas (v. 8 n. 3, set.-dez. 2013)

Capa: Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas (v. 8 n. 3, set.-dez. 2013)

Por Nelson Sanjad

Dossiê Metodologia da pesquisa arqueológica

O novo número do Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas (v. 8 n. 3, set.-dez. 2013) apresenta um Dossiê voltado à reflexão metodológica na pesquisa em Arqueologia, tema pouco discutido no Brasil, mas fundamental para o amadurecimento teórico da disciplina.  Ele traz artigos escritos por 24 autores de sete instituições brasileiras, duas mexicanas e uma portuguesa.  Técnicas e procedimentos em campo e em laboratório são descritos e analisados, chamando a atenção para o potencial e os limites de cada um, bem como para a aplicação/adaptação às características ambientais do Brasil, de maneira a nortear futuras pesquisas arqueológicas.

A edição inclui três outros artigos, uma nota de pesquisa e uma memória histórica. Entre estes, o texto de Alexandre Antunes Ribeiro Filho e colaboradores (Universidade de São Paulo) faz detalhada revisão crítica da literatura internacional relacionada ao impacto da agricultura de corte-e-queima em solos de floresta tropical. O artigo de Fabíola Silva (Universidade de São Paulo) descreve e analisa aspectos relacionados à produção e à utilização de objetos pelos Asurini do Xingu, demonstrando como inovações recentes nas práticas tecnológicas do grupo podem ser entendidas como formas de expressão estética carregadas de significado identitário. O de Mayra Teruya Eichemberg (Universidade do Estado de Santa Catarina) e Maria Christina de Mello Amorozo (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho) avalia a contribuição dos antigos quintais urbanos na alimentação e na economia doméstica da cidade de Rio Claro, São Paulo. Na nota de pesquisa, Francini Medeiros da Silva (Universidade de São Paulo) e colaboradores apresentam a metodologia empregada no tratamento de amostras de sedimento provenientes de sítios arqueológicos localizados na Amazônia central, destacando o uso de defloculantes associados à técnica de flotação. A nota pode ser lida como complemento ao Dossiê publicado na mesma edição.

A seção “Memória” apresenta um texto de Gleice Mere sobre Emil-Heinrich Snethlage (1897-1939), destacando as expedições que realizou no país, a dimensão e a trajetória de seu acervo etnográfico. Emil-Heinrich Snethlage fez carreira como antropólogo e produziu importantes estudos sobre os povos indígenas do Nordeste brasileiro e de Rondônia. Boa parte de sua obra permanece inédita e/ou não traduzida ao português, o que tem limitado o acesso de pesquisadores brasileiros às suas análises etnológicas. Gleice Mere vem trabalhando há anos na organização e na digitalização do acervo documental de Snethlage, em posse da família, na Alemanha, e também na documentação da obra do pesquisador. Seu texto inclui, além de informações sobre o itinerário de viagem e os povos indígenas contatados por Snethlage, a tradução de três preciosas cartas de Curt Nimuendajú, pela primeira vez publicadas, endereçadas a Emil-Heinrich e a sua tia, Emilie Snethlage. As cartas revelam, além da estreita colaboração dos três cientistas, um importante episódio da carreira profissional de Nimuendajú, a ‘pacificação’ dos Parintintin.

 

Para ler os artigos, acesse

GOMES, Denise Maria Cavalcante. Metodologia da pesquisa arqueológica: uma introdução. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 513-516. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300002&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300002.

OLIVEIRA, Maria Dulce Barcellos Gaspar de; KLOKLER, Daniela e BIANCHINI, Gina Faraco. Arqueologia estratégica: abordagens para o estudo da totalidade e construção de sítios monticulares. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 517-533. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300003&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300003.

OCHOA, Guillermo Acosta; MARTINEZ, Patricia Pérez e GONZALEZ, Iran Irais Rivera. Metodología para el estudio del procesamiento de plantas en sociedades cazadoras-recolectoras: un estudio de caso. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 535-550. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300004&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300004.

SOUZA, Sheila Mendonça de e RODRIGUES-CARVALHO, Claudia. ‘Ossos no chão’: para uma abordagem dos remanescentes humanos em campo. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 551-566. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300005&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300005.

LESSA, Andrea. Novos aportes teórico-metodológicos para o diagnóstico de osteoartrose em séries esqueléticas e sua importância para a arqueologia brasileira: I – Registro dos processos tafonômicos e dos marcadores ósseos. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 567-583. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300006&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300006.

PEREIRA, Edithe; RUBIO, Trinidad Martinez i e BARBOSA, Carlos Augusto Palheta. Documentação digital da arte rupestre: apresentação e avaliação do método em dois sítios de Monte Alegre, Amazônia, Brasil. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 585-603. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300007&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300007.

KIPNIS, Renato et al. Aplicação das tecnologias de modelagem 3D conjugada às técnicas tradicionais para o registro das gravuras rupestres do rio Madeira, Rondônia, Brasil. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 605-619. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300008&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300008.

CALZA, Cristiane Ferreira et al. Análise de peroleiras e cachimbos cerâmicos provenientes de escavações arqueológicas. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 621-638. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300009&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300009.

GOMES, Denise Maria Cavalcante e LUIZ, José Gouvêa. Contextos domésticos no sítio arqueológico do Porto, Santarém, Brasil, identificados com o auxílio da geofísica por meio do método GPR. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 639-656. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300010&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300010.

GUAPINDAIA, Vera Lucia Calandrini e FONSECA JUNIOR, João Aires de Ataíde da. Metodologia de delimitação no sítio arqueológico Cipoal do Araticum na região do rio Trombetas, Pará, Brasil. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 657-673. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300011&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300011.

FONSECA JUNIOR, João Aires Ataíde da. Levantamento regional na arqueologia amazônica: o uso de sistema de informação geográfica e sensoriamento remoto. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. [online]. 2013, vol.8, n.3 [citado 2014-01-22], pp. 675-690. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-81222013000300012&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1981-8122. http://dx.doi.org/10.1590/S1981-81222013000300012.

Link relacionado

Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas – <http://www.scielo.br/bgoeldi/>

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

Uma ampla reflexão sobre a metodologia da pesquisa arqueológica foi publicada em periódico do Museu Goeldi [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2014 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2014/01/28/uma-ampla-reflexao-sobre-a-metodologia-da-pesquisa-arqueologica-foi-publicada-em-periodico-do-museu-goeldi/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation