Questões de ordem pública e privada são apresentadas pela RAP

Por Equipe Editorial, Revista de Administração Pública – RAP, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. 

 

rap_logoA segunda edição da RAP apresenta o artigo de abertura “Alocação e mitigação dos riscos em parcerias público-privadas no Brasil” que investiga o tratamento dado à identificação, alocação e adoção de medidas de mitigação de risco nos contratos de parceria público-privada celebrados com órgãos governamentais brasileiros para a concretização de obras de infraestrutura pública, no período de 2004 a 2010. Os autores Carlos Marcio Campos Lima e Antonio Carlos Coelho, provocam os pesquisadores e a comunidade científica para acompanhar por meio de estudo de caso a efetividade dos riscos e reponsabilidades contratadas nos projetos concluídos ou em andamento como também explorar tais contratos pela ótica eminentemente jurídica.

 

Outro destaque da edição é o artigo “Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no Rio de Janeiro: uma história a partir das percepções e reflexões do gestor responsável por sua implantação”, de Joysi Moraes, Sandra R. H. Mariano e Andrea Marinho de Souza Franco, que evidencia as percepções e reflexões do gestor responsável por sua implantação e sustentam que as UPPs são verdadeiras organizações em processo e cujo sucesso depende do engajamento cada vez maior do Estado, da sociedade e, principalmente, das comunidades onde estão instaladas.

Em “Um diagnóstico da desigualdade de gênero num município em Portugal: estruturas e representações”, de Rosa Monteiro, Luísa Agostinho e Fernanda Daniel, destaca-se parte dos resultados de um diagnóstico organizacional com perspectiva de gênero, de um Plano para a Igualdade numa Câmara Municipal, em Portugal. O resultado mostrou desigualdade em fenômenos como os de segregação ocupacional e vertical, e um reduzido (re)conhecimento dos fenômenos de desigualdade e discriminação.

Outro assunto de grande interesse público foi desenvolvido no estudo “A acessibilidade nos sites do Poder Executivo estadual à luz dos direitos fundamentais das pessoas com deficiência”. Nesta pesquisa, os autores Rosane Leal da Silva e Letícia Almeida de la Rue investigaram se a acessibilidade, analisada à luz dos direitos das pessoas com deficiência. De nada adianta um país afirmar que se preocupa com a situação das pessoas com deficiência, se não implementa as condições necessárias para que elas possam se afirmar como verdadeiros sujeitos de direito.

Sobre Revista de Administração Pública (RAP)

De periodicidade bimestral, o periódico, que é uma publicação da FGV/EBAPE, teve a sua primeira edição no ano de 1967 e disponibiliza online e com acesso aberto todas as edições para consulta pelos leitores. Para assinatura ou renovação do periódico (versão impressa), o leitor deve contatar assine@fgv.br.

Aos acadêmicos e leitores interessados em submeter seus manuscritos, devem consultar as normas de submissão do periódico. O envio deve ser feito pelo sistema de submissão e avaliação – SciELO.

O Editor-Chefe do periódico é o professor Peter K. Spink, do Centro de Administração Pública e Governo – EAESP/FGV e conta com a colaboração dos editores adjuntos Fernando G. Tenório, da EBAPE/FGV e Marco Antonio C. Teixeira, da EAESP/FGV.

Para ler os artigos, acesse

LIMA, C.M.C. and  COELHO, A.C. Alocação e mitigação dos riscos em parcerias público-privadas no Brasil. Rev. Adm. Pública [online]. 2015, vol. 49, n° 2, pp. 267-291. [viewed May 20th 2015]. ISSN 0034-7612. DOI: 10.1590/0034-7612130020. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-76122015000200267&lng=en&nrm=iso.

MORAES, J., MARIANO, S.R.H.  and  FRANCO, A.M.Souza. Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no Rio de Janeiro: uma história a partir das percepções e reflexões do gestor responsável por sua implantação. Rev. Adm. Pública [online]. 2015, vol. 49, n° 2, pp. 493-518. [viewed May 20th 2015]. ISSN 0034-7612.  DOI: 10.1590/0034-7612121746. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-76122015000200493&lng=en&nrm=iso.

MONTEIRO, R., AGOSTINHO, L. and  DANIEL, F. Um diagnóstico da desigualdade de gênero num município em Portugal: estruturas e representações. Rev. Adm. Pública [online]. 2015, vol. 49, n° 2, pp. 423-446. [viewed May 20th 2015]. ISSN 0034-7612.  DOI: 10.1590/0034-7612130497. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-76122015000200423&lng=en&nrm=iso.

SILVA, R.L. and  RUE, L.A. A acessibilidade nos sites do Poder Executivo estadual à luz dos direitos fundamentais das pessoas com deficiência. Rev. Adm. Pública [online]. 2015, vol. 49, n° 2, pp. 315-336. [viewed May 20th 2015]. ISSN 0034-7612. DOI: 10.1590/0034-7612130130. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-76122015000200315&lng=en&nrm=iso.

Link externo

Revista de Administração Pública – http://www.scielo.br/rap/

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

Questões de ordem pública e privada são apresentadas pela RAP [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2015 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2015/06/18/questoes-de-ordem-publica-e-privada-sao-apresentadas-pela-rap/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation