O avanço do cultivo de cana-de-açúcar e o aumento da vulnerabilidade ambiental paulista

Evandro Mateus Moretto, Professor Doutor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades – EACH e do Instituto de Energia e Ambiente – IEE da USP, São Paulo, SP, Brasil

asoc_logoA pesquisa discute quais são as possíveis consequências para a vulnerabilidade ambiental do estado de São Paulo com a alocação dos novos cultivos da cana-de-açúcar baseada no uso do Zoneamento Agroambiental do Setor Sucroalcooleiro.

Dentre as principais evidências encontradas, verificou-se que a construção do Zoneamento Agroambiental não considerou de forma plena alguns fatores de sensibilidade ambiental do território paulista, como é o caso da qualidade do ar, da água, do solo, da vazão dos cursos d’água, da cobertura vegetal natural, da diversidade de espécies, das unidades de conservação, das reservas legais e, sobretudo, a desconsideração das áreas de preservação permanente. Além destas sensibilidades, evidenciou-se também a desconsideração de outros usos agrícolas na confecção do zoneamento.

Dessa forma, a alocação territorial das novas áreas de cultivo de cana-de-açúcar baseada apenas no Zoneamento Agroambiental pode representar não apenas ameaças para as sensibilidades físicas e bióticas, mas também constituir cenários de conflitos com os usos prioritários para a conservação da biodiversidade já estabelecidos para o estado de São Paulo e também com outros usos agrícolas já estabelecidos.

Ao final, o trabalho alerta que ao invés de cumprir seu papel de protetor e provedor de resiliência dos sistemas sócio-ecológicos, o Zoneamento Agroambiental do Setor Sucroalcooleiro pode servir como um importante indutor do aumento da vulnerabilidade ambiental no território paulista. Para maiores informações, acesso o artigo “A vulnerabilidade ambiental e o planejamento territorial do cultivo de cana-de-açúcar”, publicado no volume 17 do número 3 da Revista Ambiente & Sociedade.

Para ler os artigos, acesse:

JORDAO, C.O.  and  MORETTO, E.M. The environmental vulnerability and the territorial planning of the sugarcane cultivation. Ambient. soc.[online]. 2015, vol.18, n.1, pp. 75-92. [viewed 14th July 2015]. ISSN 1809-4422. DOI: 10.1590/1809-4422ASOC675V1812015en. Available from: http://ref.scielo.org/y83t52

JORDAO, C.O.  and  MORETTO, E.M. A vulnerabilidade ambiental e o planejamento territorial do cultivo de cana-de-açúcar. Ambient. soc.[online]. 2015, vol.18, n.1, pp. 75-92. [viewed 14th July 2015]. ISSN 1809-4422. DOI: 10.1590/1809-4422ASOC675V1812015en. Available from: http://ref.scielo.org/xjhz33

Link externo:

http://www.scielo.br/asoc

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

MORETTO, E.M. O avanço do cultivo de cana-de-açúcar e o aumento da vulnerabilidade ambiental paulista [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2015 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2015/07/23/o-avanco-do-cultivo-de-cana-de-acucar-e-o-aumento-da-vulnerabilidade-ambiental-paulista/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation