Monthly Archives: March 2016

You are browsing the site archives by month.

Re-interpretando os objetos de museu: da classificação ao devir

Desafiando os enquadramentos tradicionalmente impostos aos objetos de museu, o artigo questiona a sua sustentação empírica na Contemporaneidade, e propõe um outro olhar sobre os musealia, enxergando a relativização do conhecimento e da sua classificação e transpondo os limites da Ciência da Informação. Read More →

A produção de alimentos de origem marinha pode ser sustentável?

Para responder a esta pergunta, a pesquisa realizada utilizou bases conceituais da economia, das ciências sociais e ambientais, direcionando o que poderia ser o desenvolvimento e a sustentabilidade para maricultura, considerando características de uma produção lucrativa, conexão com a conservação de sistemas naturais e importantes aspectos sociais, como possibilidade de integração com práticas locais. Read More →

Ambivalência na adultez: saída da casa dos pais

Estudo apresenta que a saída da casa dos pais é um processo gradual e dinâmico, sendo negociado entre os membros da família e marcado pelos ganhos e perdas decorrentes da convivência prolongada. Para realizar tão ação, existe um tempo da relação pais-filhos não-cronológico, com a duração necessária para que os sujeitos possam compreender-se no âmbito relacional. Read More →

Os 40 anos da Resolução sobre Sionismo e Racismo da ONU – uma avaliação sobre a posição do Brasil

Ao completar quarenta anos da sua aprovação pela Assembleia Geral das Nações Unidas, a Resolução 3379 (XXX) sobre Sionismo e Racismo ainda é tema patente nas Relações Internacionais, em particular no que concerne ao seu papel nas relações exteriores do Brasil. Em entrevista à RBPI, Norma Breda dos Santos e Eduardo Uziel ampliam o debate acerca deste assunto. Read More →

Um olhar histórico sobre os primórdios das políticas de águas e de saneamento no Brasil

Pesquisa apresenta fatores estruturais que influenciaram a regulamentação do uso dos recursos hídricos e os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário do Brasil. Aponta para a política de saneamento que se desenvolveu em consonância com iniciativas e interesses europeus e da emersão da regulação do uso da água, especialmente para privilegiar a geração de energia elétrica em um contexto de crise externa e de centralização administrativa. Read More →

Sonora e mais que sonora

De forma espontânea, mas não menos persistente, o conjunto de análises propostas no número 32 de Per Musi nos lembra do alcance de sentidos constituintes do fazer musical, perpassando a dimensão sonora e articulando-a a uma série de desdobramentos – motores, terapêuticos, econômicos, políticos, cosmológicos. Read More →

Urbanismo ecológico na América Latina em destaque do periódico urbe

A primeira edição do urbe de 2016 traz uma seção especial sobre urbanismo ecológico na América Latina e Caribe, além de outros artigos que tratam dos desafios do urbanismo no mundo contemporâneo, considerando as necessidades de habitação e mobilidade urbana aliadas com as questões ambientais. Read More →

Sexo femenino y capacidades matemáticas: desempeño de los más capaces en pruebas de rendimiento matemático

Estudio de las diferencias entre sexos en una prueba de rendimiento denominada BECOMA, utilizando como marco de referencia las competencias, en este caso la matemática, y profundizando en el desempeño de los más capaces. Read More →

A política de assistência internacional ao desenvolvimento da União Europeia: entrevista com Luis Mah

Os desafios no estabelecimento de uma política de desenvolvimento face à reestruturação das instituições europeias e à emergência de doadores não tradicionais são tema de artigo de Luis Mah, Professor da Universidade de Lisboa, publicado no volume 58, número 2 da Revista Brasileira de Política Internacional. Read More →

PsicoUSF completa seu 20º ano de publicação

O periódico PsicoUSF completou 20 anos de contribuições para a Psicologia brasileira com a publicação em dezembro de 2015 do número 3 do volume 20. Indexado no SciELO desde setembro de 2009, o PsicoUSF figura entre as 100 revistas em português ranqueadas pelos índice h5 do Google Scholar. Read More →