O que seria a “virada histórica” de Mikhail Bakhtin?

Cláudia Garcia Cavalcante, professora-adjunta em Linguística e Língua Portuguesa da Universidade Federal do Paraná, em Matinhos, PR, Brasil

Craig Brandist

Craig Brandist

Craig Brandist é professor de Teoria Cultural e História Intelectual na Universidade de Sheffield, no Reino Unido e, desde 2008, diretor do Bakhtin Centre, inserido no Departamento de Cultura Russa e Eslava da mesma universidade. Na realidade, este centro destaca-se porque, além de ser o único desse tipo na Europa, possui uma vasta coleção de material de pesquisa sobre linguagem construído durante expedições regulares de Brandist a livrarias nos arredores da Rússia, Ucrânia e Azerbaijão.

O pesquisador britânico é reconhecido internacionalmente por suas pesquisas com o objetivo de compreender a era revolucionária da Rússia e da União Soviética e o modo como os movimentos daquela época provocaram uma mudança fundamental na compreensão que hoje temos da sociedade. Entre os principais trabalhos de Brandist, destacam-se The Bakhtin Circle: philosophy, culture and politics (2002) e The dimensions of hegemony: language, culture and politics in revolutionary Russia (2015). O autor escreveu ainda vários artigos, ensaios e resenhas, e é colaborador e membro do Conselho Editorial de Bakhtiniana. Uma compilação de seus artigos publicados entre 1999 e 2008 encontra-se em Repensando o Círculo de Bakhtin (Contexto, 2012).

No artigo “A virada histórica de Bakhtin e seus antecedentes soviéticos”, o professor fornece um novo olhar às ideias de Bakhtin acerca da estratificação linguística e desenvolvimento histórico da linguagem, a partir de documentos arquivados do Instituto para a História Comparativa das Literaturas e Línguas do Ocidente e Oriente (ILIaZV, na sigla em inglês). O texto detém-se nos trabalhos desenvolvidos no fim dos anos de 1930, quando Bakhtin desloca sua atenção da linguagem para o desenvolvimento histórico de imagens específicas, séries semânticas e estruturas de enredo.

Com destaque para a “virada histórica” no trabalho bakhtiniano, o artigo ilumina a compreensão dos estudos desenvolvidos na atualidade acerca dos conceitos-chave de cronotopo e carnaval direcionando-os para pesquisas futuras.

A fala de Brandist, disponilizada em Podcast, explora boa parte das influências sofridas pelo filósofo russo elucidando algumas de suas nuances, o que justifica um olhar ainda mais cuidadoso à obra, amplia os limites dos tópicos de estudos bakhtinianos e oferece ferramentas úteis para pesquisas futuras.

Abaixo, podcast da entrevista com Craig Brandist:

 

Para ler o artigo, acesse

BRANDIST, C. Bakhtin’s Historical Turn and Its Soviet Antecedents. Bakhtiniana, Rev. Estud. Discurso[online]. 2016, vol.11, n.1, pp.18-41. [viewed 31th March 2016]. ISSN 2176-4573. DOI: 10.1590/2176-457324626. Available from: http://ref.scielo.org/f6qnzx

Links externos

Bakhtiniana – BAK: www.scielo.br/bak

Bakhtin Centre: https://www.sheffield.ac.uk/bakhtin#

Portal PUC: http://revistas.pucsp.br/bakhtiniana

Sobre Cláudia Garcia Cavalcante

Cláudia Garcia Cavalcante

Cláudia Garcia Cavalcante

Mestre e Doutora em Linguística Aplicada sob orientação da Profa Dra. Beth Brait,no Lael, PUC-SP, com a temática da análise dialógica do discurso do filósofo da linguagem russo Bakhtin. Professora-adjunta na Câmara de Linguagem e Comunicação da Universidade Federal do Paraná- Setor Litoral. Membro-estudante do GP/CNPq/PUC-SP Linguagem, Identidade e Memória www.linguagemememoria.com.br É especialista em Metodologia do Ensino de Língua Inglesa pela Universidade Estadual do Ceará (2001) e graduada em Letras- Português/Inglês e Pedagogia. Lecionou no Centro Paula Souza nas unidades da Fatec Itaquera e Fatec São Paulo atuando nos cursos de Secretariado Executivo, Fabricação Mecânica, Automação e Industrial e Processos de Soldagem. Avaliadora do Sinaes- INEP/MEC.

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

CAVALCANTE, C. G. O que seria a “virada histórica” de Mikhail Bakhtin? [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2016 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2016/04/25/o-que-seria-a-virada-historica-de-mikhail-bakhtin/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation