Revista Estudos Feministas apenas online

Ana Maria Veiga é historiadora e editora de notícias da Revista Estudos Feministas – REF, Florianópolis, SC, Brasil

ref_logoA versão online da REF, já publicada pelo Scientific Electronic Library Online (SciELO), é agora a única disponibilizada ao público leitor, desde o primeiro número de 2016, que já está no ar. Após 25 anos de distribuição de exemplares impressos, a REF encerra sua coleção em papel, optando pela economia de recursos naturais.

As editoras da revista, após um breve levantamento, chegaram à conclusão de que leitoras(es) em geral, incluindo elas próprias, consultavam a versão digital da REF quando buscavam algum artigo publicado no periódico. O download de artigos científicos é hoje prática corrente entre pesquisadores, que concentram seu trabalho em arquivos digitais. As facilidades de acesso, assim como a rapidez no lançamento de cada edição, pesaram a favor dessa decisão, que considerou também a redução de custos e da burocracia de envio dos exemplares impressos pelo correio. A solidez e confiabilidade do SciELO foram pontos a favor da decisão.

Renovada pelos novos sujeitos e desafios dos feminismos contemporâneos, também dos debates que suscitam, a Revista Estudos Feministas se lança a uma nova fase e à dupla tarefa de continuar colaborando com a conscientização e com as trocas entre feministas de todos os gêneros e de proporcionar a suas leitoras(es) a migração completa para a mídia eletrônica.

Para colecionadoras(es), a equipe editorial da REF ainda conta com exemplares de números anteriores, que podem ser solicitados pelo e-mail <ref@cfh.ufsc.br>.

O volume 24, número 1, de janeiro/abril de 2016 destaca temas como relações amorosas, representações, tradição e mulheres nas ciências.

O artigo “Mulheres que amam demais: conjugalidades e narrativas de experiência de sofrimento”, de Mônica Monteiro Peixoto e Maria Luiza Heilborn, argumenta sobre a construção dos relacionamentos amorosos que beiram a patologização. De acordo com as autoras, mesmo com propostas igualitárias para o relacionamento, as narrativas que apresentam demonstram a permanência de padrões tradicionais, marcados pela posse e pelo controle dos parceiros, dos quais exigem fidelidade e reciprocidade.

Planos, desenvolvimento escolar e expectativas para meninos e meninas de camadas populares é o que discute o artigo “Famílias de setores populares e escolarização: acompanhamento escolar e planos de futuro para filhos e filhas”, de Marília Carvalho, Tatiana Loges e Adriano Senkevics, que encontra na escola a tradicional aposta dos pais nos meninos, enquanto, contraditoriamente, são as meninas que ficam com o melhor desempenho escolar e os sonhos mais ambiciosos de futuro. As permanências e as transformações nos papéis sociais de gênero são discutidas pelos autores.

Na seção temática Almanaque de Representações, organizada por Tânia Regina de Oliveira Ramos e Eliane Campello, Raquel de Barros Pinto Miguel aborda a idealização de vida das jovens mulheres na revista Capricho, com o artigo “As ‘mocinhas heroínas’ das fotonovelas da revista Capricho (décadas de 1950 e 1960)”.

Destacamos também a homenagem póstuma a Zahidé Lupinacci Muzart — que esteve à frente da Editora Mulheres e do feminismo acadêmico em Santa Catarina — nas palavras de Tânia Regina de Oliveira Ramos e no editorial da revista.

A REF convida suas leitoras/autoras e leitores/autores a continuarem traçando caminhos compartilhados de pesquisa e reflexão. Em breve noticiaremos o próximo número, a ser lançado no começo de maio próximo.

Para ler os artigos, acesse

WOLLF, C. S., LAGO, M. C. S. and RAMOS, T. R. Oa. Editorial.Rev. Estud. Fem. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.5-9. [viewed 09th May 2016]. ISSN 1805-9584. DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p5. Available from: http://ref.scielo.org/s54wnc

GROSSI, M. G. R., BORJA, S. D. B., LOPES, A. M. and ANDALECIO, A. M. L. As mulheres praticando ciência no Brasil. Rev. Estud. Fem. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.11-30. [viewed 09th May 2016]. ISSN 1805-9584. DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p11. Available from: http://ref.scielo.org/gc7k7n

SOMOGYI, M. V. Las bases epistémicas de la concepción feminista de la ciudadanía. Rev. Estud. Fem. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.31-43. [viewed 09th May 2016]. ISSN 1805-9584. DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p31. Available from: http://ref.scielo.org/rh6tvt

PEIXOTO, M. M. and HEILBORN, M. L. Mulheres que amam demais: conjugalidades e narrativas de experiência de sofrimento. Rev. Estud. Fem. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.45-62. [viewed 09th May 2016]. ISSN 1805-9584. DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p45. Available from: http://ref.scielo.org/5pwv7d

ASSUNCAO, V. Migrantes por amor? Ciclo de vida, gênero e a decisão de migrar em diferentes fases da vida. Rev. Estud. Fem. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.63-80. [viewed 09th May 2016]. ISSN 1805-9584. DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p63. Available from: http://ref.scielo.org/hk89vy

CARVALHO, M. P., LOGES, T. A. and SENKEVICS, A. S. Famílias de setores populares e escolarização: acompanhamento escolar e planos de futuro para filhos e filhas. Rev. Estud. Fem. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.81-99. [viewed 09th May 2016]. ISSN 1805-9584. DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p81. Available from: http://ref.scielo.org/k75sgh

POZZIO, M. R. La gineco-obstetricia en México: entre el “parto humanizado” y la violencia obstetrica.Rev. Estud. Fem. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.101-117. [viewed 09th May 2016]. ISSN 1805-9584. DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p101. Available from: http://ref.scielo.org/7ghbpg

ROTHMAN, B. K. and (TRAD.), Berenice Bento. Ilusões de escolha: experimentando testes pré-natais. Rev. Estud. Fem. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.119-132. [viewed 09th May 2016]. ISSN 1805-9584. DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p119. Available from: http://ref.scielo.org/rg7j55

SANTOS, É. N. and PEREIRA, P. P. G. Amores e vapores: sauna, raça e prostituição viril em São Paulo. Rev. Estud. Fem. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.133-154. [viewed 09th May 2016]. ISSN 1805-9584. DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p133. Available from: http://ref.scielo.org/jtnpsd

CARMO, J. C. et al. Voz da natureza e da mulher na Resex de Canavieiras-Bahia-Brasil: sustentabilidade ambiental e de gênero na perspectiva do ecofeminismo. Rev. Estud. Fem. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.155-180. [viewed 09th May 2016]. ISSN 1805-9584. DOI: 10.1590/1805-9584-2016v24n1p155. Available from: http://ref.scielo.org/p545j6

Link externo

Revista Estudos Feministas – REF: www.scielo.br/ref

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

VEIGA, A. M. Revista Estudos Feministas apenas online [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2016 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2016/05/18/revista-estudos-feministas-apenas-online/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation