Como o empreendedorismo pode transformar o mundo?

Andréa Cerqueira Souza é especialista em marketing, atua com comunicação e marketing científico em publicações da Fundação Getulio Vargas, São Paulo, SP, Brasil

Empreendedorismo é um tema importante para algumas áreas do conhecimento, especialmente para a Administração e, tanto no meio acadêmico quanto para o mercado, empreender está relacionado com a capacidade de desenvolvimento dos países, especialmente em períodos de instabilidade social e econômica, sendo apontado por especialistas como uma forma de enfrentar a pobreza e outros problemas sociais no mundo (BARKI et al., 2015; PINHO; HOMPSON, 2016). Para os pesquisadores Navarro-García, Rey-Moreno e Barrera-Barrera (2017), empreender é um dos elementos essenciais para o processo de crescimento econômico dos países, uma vez que através da criação de novos negócios se contribui para a geração e transmissão de conhecimento e aumento da competitividade no meio empresarial.

Corroborando com essa visão de desenvolvimento, na pesquisa realizada com 101 empresas brasileiras, Oliveira Junior et al. (2016) identificaram que a orientação empreendedora das organizações tem uma relação direta com a formação de alianças estratégicas, sendo fator determinante para melhorar o desempenho das empresas, uma vez que auxilia a reduzir as barreiras de entrada e os riscos associados aos negócios, especialmente para as pequenas e médias empresas.  Pinho e Thompson (2016), afirmam que o empreendedorismo se tornou um motor de crescimento que molda o ambiente econômico ao empoderar indivíduos e organizações. Essa característica faz com que governos atuais e respetivos atores políticos estejam cada vez mais atentos aos benefícios sociais e econômicos que resultam da criação e promoção de novos negócios.

Para Barki et al. (2015), os negócios inclusivos, ou seja, os negócios desenvolvidos por empresas com o objetivo de gerar impacto social, estão se tornando cada vez mais importantes. No aspecto acadêmico, os autores lembram que muitas perspectivas diferentes sobre empreendedorismo social e negócios sociais já foram apresentadas, ainda que o tema esteja longe de se esgotar. Do lado da gestão, os autores apontam o surgimento de várias empresas nas últimas décadas com orientação social e destacam como o trabalho do professor Muhammad Yunus inspirou muitos outros empresários e organizações para criar um novo tipo de negócio mais integrado com um propósito social (BARKI et al., 2015). Yunus foi o ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2006 por sua ampla atuação social, com destaque para a criação do Grameen Bank, que em 1983 tornou-se oficialmente um banco para fornecer empréstimos aos pobres, principalmente mulheres na zona rural de Bangladesh. Esse é, de acordo com os pesquisadores, o principal objetivo do empreendedorismo social: diminuir vulnerabilidades e desigualdades sociais no mundo, e emerge no mercado com modelos empresariais sustentáveis para atender as necessidades da sociedade, que existem por conta de lacunas governamentais (BARKI et al., 2015).

Para falar um pouco mais sobre o tema, RAE convidou dois especialistas para uma conversa sobre o crescente interesse em empreendedorismo e empreendedorismo social. Neste vídeo, a editora-chefe da RAE, Maria José Tonelli, fala com os professores Tales Andreassi e Edgard Barki, da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas.

Maria José Tonelli

Maria José Tonelli

Maria Tonelli possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, mestrado e doutorado em Psicologia Social também pela PUC SP. É professora e pesquisadora da linha de Estudos Organizacionais na FGV EAESP e atual editora-chefe dos periódicos RAE-Revista de Administração de Empresas, GV-executivo e GVcasos.

Edgard Elie Roger Barki

Edgard Elie Roger Barki

Edgard Barki possui graduação em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo (USP), mestrado e doutorado pela FGV EAESP. É professor e coordenador do Centro de Empreendedorismo (GVcenn) na FGV EAESP.

Tales Andreassi

Tales Andreassi

Tales Andreassi possui graduação e mestrado em Administração pela Universidade de São Paulo (USP), master em Science and Technology Policy Studies pela University of Sussex, Inglaterra e doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo (USP). É professor e vice-diretor na FGV EAESP.

Para ler os artigos, acesse

BARKI, E. et al. Social entrepreneurship and social business: retrospective and prospective research. Rev. adm. empres. [online]. 2015, vol.55, n.4, pp.380-384. [Viewed 21 August 2017]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/S0034-759020150402. Available from: http://ref.scielo.org/c5c5ds

OLIVEIRA JUNIOR, A. B., BORINI, F. M., BERNARDES, R. C. and OLIVEIRA, M. J. Impact of entrepreneurial orientation on strategic alliances and the role of top management. Rev. adm. empres. [online]. 2016, vol.56, n.3, pp.315-329. [Viewed 21 August 2017]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/S0034-759020160305. Available from: http://ref.scielo.org/kvhpxm

PINHO, J. C. and THOMPSON, D. Condições estruturais empreendedorasna criação de novos negócios: a visão de especialistas. Rev. adm. empres. [online]. 2016, vol.56, n.2, pp.166-181. [Viewed 21 August 2017]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/S0034-759020160204. Available from: http://ref.scielo.org/qmbnss

ALCADIPANI, R. Periódicos Brasileiros em inglês: a mímica do publish or perish “Global”. Rev. adm. empres. [online]. 2017, vol.57, n.4, pp.405-411. [viewed 31 August 2017]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/s0034-759020170410. Available from: http://ref.scielo.org/q3tkwc

FARIAS, S. A. Internacionalização dos periódicos brasileiros. Rev. adm. empres. [online]. 2017, vol.57, n.4, pp.401-404. [viewed 31 August 2017]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/s0034-759020170409. Available from: http://ref.scielo.org/7c54yy

Link externo

Revista de Administração de Empresas – RAE: www.scielo.br/rae

Sobre Andréa Cerqueira Souza

Andréa Cerqueira Souza

Andréa Cerqueira Souza

Publicitária (Claretiano Faculdade) e especialista em marketing (FGV), atua com comunicação e marketing científico em publicações da Fundação Getulio Vargas. E-mail: andrea.csouza@fgv.br

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

SOUZA, A. C. Como o empreendedorismo pode transformar o mundo? [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2017 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2017/08/31/como-o-empreendedorismo-pode-transformar-o-mundo/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation