Metodologia para geração de “indicadores domésticos” para periódicos científicos em consolidação

Patricia Zeni Marchiori, Professora Titular Aposentada da Universidade Federal do Paraná/SCSA/Departamento de Ciência e Gestão da Informação, Curitiba, PR, Brasil

Eduardo Michelotti Bettoni, Pesquisador colaborador do Grupo de Pesquisa Metodologias em Gestão da Informação, Curitiba, PR, Brasil

Andre Luiz Appel, Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação/Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (em Convênio com o IBICT), Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Colaboradores do Grupo de Pesquisa Metodologias em Gestão da Informação da Universidade Federal do Paraná (UFPR/CNPq) viabilizaram a geração de indicadores de desempenho (identificados como “indicadores domésticos”) para periódicos científicos em consolidação (entendidos como aqueles ainda não incluídos em bases de dados de agências indexadoras), a partir de fontes de dados sob domínio ou alcance de seus gestores.

A pesquisa, publicada no periódico Transinformação (v. 30, n. 3), sob o título “Geração de indicadores para periódicos científicos abertos”, apresenta os critérios para avaliação de periódicos tratados na literatura de referência e/ou em agências indexadoras (SCIENTIFIC ELECTRONIC LIBRARY ONLINE, 2014), detalhando os resultados de indicadores selecionados, testados e validados no ambiente do periódico “AtoZ: novas práticas em informação e conhecimento”.

Os pesquisadores utilizaram software de código aberto (ZEARIN, 2016; THE R FOUNDATION, 2017) para a extração dos dados, no relacionamento entre a base de referências dos artigos do periódico (APA/BibTeX) e a base de metadados estruturados no OJS/OAI-PHM, assim como para os testes de consistência, no tratamento de variáveis, nos cálculos dos indicadores, e na apresentação de resultados em tabelas e gráficos. Dos dez indicadores testados e avaliados, sete foram gerados apenas por metadados do OJS e cinco são detalhados no artigo (autores por artigo, colaboração internacional, autores mais referenciados, estatísticas bibliométricas, e grafos de citações).

Para o periódico alvo do estudo, os resultados indicaram pontos de atenção a serem considerados pelos gestores, tais como: a redução da endogenia; a captação de material que amplie a representatividade na distribuição institucional e geográfica dos autores, assim como de autores/coautores com titulação de doutorado, entre outros aspectos.

Figura 1. Representação de periódicos citados, de acordo com as macroáreas de conhecimento dos artigos citantes – Periódico AtoZ (2011- 2016). Fonte: Elaborado pelos autores com base nos metadados e arquivo BibTeX do Periódico AtoZ (2011-2016), maio de 2017.

Considerando-se que a análise de indicadores aumenta a capacidade de equipes editoriais em ajustar práticas, projetar metas, estabelecer objetivos e tomar decisões, os investigadores definiram que a coleta e o tratamento dos dados devem ocorrer de forma semiautomatizada e sem permissão especial de acesso, já a partir da plataforma Open Journal System (OJS). A disponibilidade orgânica de metadados no OJS, associados ou não a outros conjuntos de dados, permite que o estudo seja replicado em outros periódicos.

A pesquisa foi realizada com recursos do Edital de Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos, 2016 (UFPR/PRPPG/SIBI).

Referências

SCIENTIFIC ELECTRONIC LIBRARY ONLINE. Critérios SciELO Brasil: critérios, políticas e procedimentos para a admissão e a permanência de periódicos científicos na Coleção SciELO Brasil. 2014. Available from: http://www.scielo.br/avaliacao/20141003NovosCriterios_SciELO_Brasil.pdf

THE R FOUNDATION. The R Project for Statistical Computing. 2017. Available from: https://www.r-project.org/

ZEARIN. BibTeXML. San Francisco: GitHub Repository, 2016. Available from: https://github.com/Zearin/BibTeXML

Para ler o artigo, acesse

MARCHIORI, P. Z., BETTONI, E. M. and APPEL, A. L. Geração de indicadores para periódicos científicos abertos.Transinformação [online]. 2018, vol.30, n.3, pp.324-335. ISSN 0103-3786. [viewed 7 January 2019]. DOI: 0.1590/2318-08892018000300005. Available from: http://ref.scielo.org/sm4zbc

Link externo

Transinformação – TINF: www.scielo.br/tinf

AtoZ: novas práticas em informação e conhecimento: https://revistas.ufpr.br/atoz

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

MARCHIORI, P. Z., BETTONI, E. M. and APPEL, A. L. Metodologia para geração de “indicadores domésticos” para periódicos científicos em consolidação [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2019 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2019/01/07/metodologia-para-geracao-de-indicadores-domesticos-para-periodicos-cientificos-em-consolidacao/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation