Monthly Archives: February 2019

You are browsing the site archives by month.

Os leitores dos leitores: a tradução como exercício de conhecimento da prosa de Machado de Assis

Memórias póstumas de Brás Cubas ganha novo estudo que considera a abertura de sentido da prosa machadiana a partir de três traduções do romance para o inglês. Assim, parte-se de divergências entre as traduções para uma leitura das “leituras” da obra que, por sua vez, oferece possibilidade de maior compreensão do texto em sua língua de origem. Read More →

A diferença como estigma: um estudo sobre a personagem Eugênia, de Memórias póstumas de Brás Cubas

A partir dos chamados Estudos da Deficiência, Kathryn Sanchez propõe uma leitura em torno do capítulo “Coxa de nascença”, que integra as Memórias póstumas de Brás Cubas, para compreender como Machado de Assis lida com o embate entre os padrões de normalidade e anormalidade na esfera física. Assim, a pesquisadora mostra o escritor com teorias evolucionistas contemporâneas a ele, indicando como o episódio representa o aspecto elitista e segregador da sociedade brasileira. Read More →

MAEL traz dossiê sobre Machado de Assis e a tradução

Periódico reúne estudos sobre Machado de Assis e a tradução. Os artigos exploram o assunto de várias maneiras: a relação de Machado com seus editores; a primeira tradução feita pelo escritor; o cotejo entre traduções de Memórias póstumas para o inglês; as adaptações do único volume de crônicas de Machado de Assis traduzido para o castelhano; e um panorama da situação atual da obra do escritor na China. Read More →

A percepção de qualidade da comida de rua sob a ótica da ciência

Estudo revela a percepção de consumidores em relação à qualidade de comida de rua comercializada no município paulista de Diadema. Seus resultados apontam que o foco dos comerciantes de comida de rua deve ser a limpeza e a boa educação do vendedor, características ligadas ao atendimento, fator relacionado à percepção que o consumidor desenvolve em relação à saudabilidade, e que, por sua vez, está associado à qualidade do produto. Read More →

O valor atribuído aos itens de teste no Ensino Médio: o que os dados revelam?

Estudo apresenta os resultados de uma pesquisa que visa problematizar as interfaces entre avaliação e currículo de História no Ensino Médio, no contexto de expansão dos programas e sistemas de avaliação no Brasil. Além de problematizar o papel da avaliação nos programas, considerou-se relevante investigar a concepção pedagógica sob a qual tais programas se fundamentam. Read More →

Urbe traz discussões sobre habitação e moradia, gestão ambiental e participação popular

Os primeiros artigos selecionados para compor o periódico urbe abordam principalmente as temáticas habitação e moradia, gestão ambiental e participação popular. Dentre os cinco artigos publicados três tratam de casos da realidade das cidades brasileiras, e dois trazem contextos internacionais, da habitação em Lisboa em Portugal e da participação popular no urbanismo no caso de Santiago do Chile. Read More →

O ensino médio no Brasil e a reforma proposta pela MP nº 746: entre motivações e proposições

Que argumentos justificaram a publicação da Medida Provisória nº 746, em setembro de 2016, que instituiu uma proposta de reforma para o ensino médio brasileiro, convertida posteriormente na Lei nº 13.415, em 2017? Que principais alterações foram propostas por essa MP? Essas são as questões que esse texto discute. Read More →

Significado do trabalho: aspectos individuais e coletivos

O significado do trabalho possui uma definição particular para cada profissão, e muitas vezes essa definição precisa ser desconstruída a fim de evitar que seja inserida a percepção do trabalhador, de forma individual ou coletiva. A edição especial do periódico RAM reuniu artigos que abordam esse tema, e mostra de que forma eles podem revelar aspectos característicos das profissões. Read More →

A macroeconomia novo-desenvolvimentista revê e completa a pós-keynesiana: Duas escolas de pensamento que se completam

Estudo faz uma comparação entre a teoria pós-Keynesiana e a teoria novo desenvolvimentista. As principais diferenças entre elas são: a rejeição da política de crescimento com endividamento externo, o papel estratégico que atribui à taxa de cambio, e uma visão histórico-estrutural do desenvolvimento. Read More →

Sustentabilidade, Inovação e Empreendedorismo com base em Universitários Brasileiros e Portugueses

O estudo mostra um alinhamento teórico-metodológico entre a inovação, o empreendedorismo e a sustentabilidade, considerando aspectos comportamentais e intencionais. Resulta, portanto, em um modelo que indica os fatores fundamentais que culminam na predição da intenção empreendedora, com base no perfil dos estudantes universitários e no seu comportamento sustentável e inovador. Read More →

Dilemas na formulação de uma política de avaliação institucional participativa: o caso do SEAP-RS

A formulação do Sistema Estadual de Avaliação Participativa do Rio Grande do Sul, entre 2011 e 2014, como alternativa às provas de desempenho dos alunos, abortada na troca de governo, deixou legado de práticas e reflexões sobre a gestão democrática em suas contradições, impasses e desafios para comunidades escolares, dirigentes e pesquisadores. Read More →