Category: Press Releases

Metodologias de pesquisa decoloniais em artes cênicas

Quais metodologias de pesquisa para quais objetos? A questão central deste artigo é saber, baseado na ideia de que as metodologias que dispomos vêm de uma matriz colonial, como criarmos metodologias decoloniais para objetos não coloniais. Como a performance entra nessa equação? Read More →

Dança, performance e gênero

Gênero é categoria fundamental nas pesquisas em artes no mundo contemporâneo. Da mesma forma, é elemento fundante das preocupações decoloniais. Esta pesquisa irá questionar a categoria gênero no interior da performance e seus atravessamentos como elemento para a desconstrução de um pensamento colonial. Read More →

Decolonizar os currículos em artes da cena

Estudo põe em xeque o currículo de dança e de performance na formação superior. O currículo é colonizador? O que pode um currículo decolonial? Como desconstruir o currículo no campo das artes? São essas as questões discutidas no estudo. Read More →

O Decolonial na pesquisa em artes no Brasil

A discussão apresentada pela Revista Brasileira de Estudos da Presença (v. 8, n. 4) representa um avanço considerável para o campo no Brasil e no exterior. A abordagem decolonial em pesquisa é uma perspectiva emergente e os artigos apresentados falam entre outras coisas sobre novas metodologias, críticas aos entraves coloniais e análises de performances. Read More →

O Decolonial é o tema da Semana Especial da Revista Brasileira de Estudos da Presença para o Blog SciELO em Perspectiva | Humanas

De 22 a 26 de outubro de 2018, a Revista Brasileira de Estudos da Presença participará da Semana Especial do Blog SciELO. Nesse período, o leitor poderá conhecer melhor o escopo do periódico e acompanhar os estudos publicados no número 4 de 2018 que aborda as relações entre o campo da Performance e as perspectivas Decoloniais na pesquisa. Read More →

O que podem dizer os apelidos sobre a realidade escolar?

Pesquisa realizada em escolas lusas e brasileiras mostra que os apelidos dão conta do modo como as identidades juvenis se constroem em contexto escolar. Além disso, os apelidos revelam faces ocultas da vida escolar, como manifestações de racismo e assédio ou bullying sexual, para além de identificarem brechas geracionais no uso das novas tecnologias. Read More →

Violências nas escolas: o labirinto tem saída?

Estudo revela que é possível alcançar significativas mudanças quando os professores trocam a metodologia tradicional pelo debate de problemas, projetos, diálogo e afetividade, permitindo o desenvolvimento da subjetividade e protagonismo dos adolescentes. Neste sentido, os resultados da pesquisa apresentam sugestões para alterar a formação de professores. Read More →

Dossiê Desastres Urbanos é destaque em Cadernos Metrópole

Cadernos Metrópole traz como destaque o Dossiê “Desastres Urbanos”, que analisa como a associação entre um padrão de urbanização não organizado, com áreas ocupadas por grupos sociais de menor renda, e eventos climáticos extremos tem gerado a expansão de riscos ambientais, atingindo populações e espaços cada vez maiores. Read More →

Como o cenário de violações de Direitos Humanos por Empresas levou à necessidade de negociação de um Tratado Internacional no âmbito das Nações Unidas?

Qual seria a importância da existência de um Tratado Internacional sobre Empresas e Direitos Humanos? O trabalho desenvolvido pelos pesquisadores do HOMA – Centro de Direitos Humanos e Empresas busca responder a essa pergunta, tendo como diagnóstico inicial a insuficiência das normas voluntárias existentes para o enfrentamento dos desafios relacionados à natureza, especialmente transnacional da atividade empresarial, não possibilitando, assim, a garantia de mecanismos eficazes de responsabilização das corporações por violações de Direitos Humanos. Read More →

Que contribuições a classificação de cor ou raça da população utilizada pelo IBGE pode trazer ao debate sobre Ação Afirmativa no Brasil?

Uma das principais questões para a implantação de ações afirmativas no Brasil diz respeito às dificuldades em definir a população-alvo das políticas. Diversos autores reconhecem este fato, que inclui usos e percepções de categorias étnico-raciais. O estudo apresenta e discute a experiência histórica construída pelo IBGE a respeito de uma classificação racial da população brasileira, seus pressupostos, abordagens, categorias e limites para embasar o desenho de políticas públicas. Read More →

O “depois” de uma epidemia: tempo e cuidado entre mães de crianças afetadas pelo Zika vírus na Bahia

Quando, em fevereiro de 2017, a Organização Mundial de Saúde declarou o fim da emergência internacional de saúde pública, as famílias brasileiras afetadas pelo vírus Zika estavam só começando um longo caminho no cuidado de crianças com um conjunto de manifestações neurológicas que hoje se denomina “Síndrome Congênita Associada a Infecção pelo Zika Vírus” (SCAIZV). Com quase 3.000 crianças afetadas no Brasil, são muitos os desafios enfrentados pelas famílias para acompanharem o desenvolvimento de seus filhos. Read More →

Quais motivos levam as reinternações psiquiátricas?

Reinternações psiquiátricas frequentes, também conhecido como “fenômeno da porta giratória”, caracterizam-se por repetidas e frequentes internações em pouco tempo após alta psiquiátrica. Diante desse cenário é importante compreender os fatores ou os aspectos que contribuem para ocorrência do fenômeno. Assim, foi realizada uma revisão da literatura para auxiliar profissionais da saúde mental no entendimento da questão. Read More →