Tag: Educação

Educar, cuidar e brincar: uma única ação na educação Infantil?

Educar, cuidar e brincar habitualmente comparecem como base para ação do professor na Educação Infantil. Estudo parte das contribuições psicanalíticas acerca do tema e utiliza a figura topológica da banda de Möebius ao propor uma articulação entre cuidar, educar e brincar, entendidos como uma única ação no trabalho educativo com bebês no âmbito da creche. Read More →

Base Nacional Comum Curricular (BNCC): O que trata? A quem serve?

A necessidade ou não de uma Base Nacional Comum Curricular – BNCC para regular os conteúdos a serem ensinados nas etapas da Educação Básica tem sido tema de controversos debates na área da Educação. Estudo analisa a BNCC para o Ensino médio, buscando desvendar o que está em disputa nesta “nova” proposição. Read More →

Diminuir o bullying na escola melhora a relação professor-aluno e isso aumenta o engajamento escolar

Estudo aponta a percepção de estudantes brasileiros sobre o sistema de educação e como diferentes aspectos se entrelaçam para engajar os alunos. Descobriu-se que praticar bullying diminui o engajamento escolar e que sofrer ou praticar bullying prejudica a relação professor-aluno, a qual interfere diretamente no engajamento escolar. Read More →

Intervenções psicológicas com alunos do Ensino Médio público mediadas pela Arte

Psicólogas e pesquisadoras do desenvolvimento de adolescentes desenvolveram uma pesquisa-intervenção com 70 estudantes do ensino médio público e observaram que atividades de natureza artística e reflexiva promovem o interesse e envolvimento dos jovens no debate sobre temas relacionados a sua vida atual e futura. A pesquisa foi realizada em uma escola pública estadual da periferia da cidade de Campinas-SP, com duas turmas de segundo ano noturno, nos dois semestres letivos de 2017. Read More →

Discriminação e preconceito na Escola contemporânea

Educação e Pesquisa aborda temas de caráter internacional acerca de aspectos relativos à discriminação, ao racismo e à religião dentro da escola, bem como, pesquisas que se preocupam em analisar aspectos da vida dentro e fora dos muros escolares, como o estigma em relação ao diferente, seja ele migrante, étnica e sexualmente minoritário, pessoa com algum tipo de deficiência ou com transtorno global do desenvolvimento. Read More →

O que podem dizer os apelidos sobre a realidade escolar?

Pesquisa realizada em escolas lusas e brasileiras mostra que os apelidos dão conta do modo como as identidades juvenis se constroem em contexto escolar. Além disso, os apelidos revelam faces ocultas da vida escolar, como manifestações de racismo e assédio ou bullying sexual, para além de identificarem brechas geracionais no uso das novas tecnologias. Read More →

Violências nas escolas: o labirinto tem saída?

Estudo revela que é possível alcançar significativas mudanças quando os professores trocam a metodologia tradicional pelo debate de problemas, projetos, diálogo e afetividade, permitindo o desenvolvimento da subjetividade e protagonismo dos adolescentes. Neste sentido, os resultados da pesquisa apresentam sugestões para alterar a formação de professores. Read More →

O que Paulo Freire tem a ver com a educação superior?

Educação e Pesquisa publica em seu volume contínuo do ano de 2018, artigo inédito do professor Celso de Rui Beisiegel, falecido em novembro de 2017. Além do que, provavelmente, foi o último trabalho escrito pelo Professor, sobre a educação popular e ensino superior visto pela perspectiva de Paulo Freire. Além disso, outro estudo faz uma homenagem as contribuições de alguns itinerários do pesquisador. Read More →

O uso da tecnologia e a observação de professores: é possível pensar em aprendizagens?

Na contemporaneidade, o grande volume e a profusão de informações nos meios digitais devem ser considerados quando se pensa no processo de ensino aprendizagem? Nesse sentido, torna-se emergente construir e a buscar evidências sobre estratégias de aprendizagem utilizadas por professores e as que eles observam que os seus alunos adotam quando usam as tecnologias da mídia clássica ou on-line. Read More →

Como a arte cinematográfica e o acesso às emoções contribuem na formação de profissionais em saúde?

Estudo mostra a eficiência do uso da arte cinematográfica em atividades de metodologias ativas como um especial disparador de diálogos que integram emoções e racionalidades, propiciando novos caminhos de aprendizagem para o desenvolvimento de competência profissional na área da saúde. Read More →

Autoeficácia docente: escala de avaliação específica para professores de alunos com autismo

Estudo discute a percepção de autoeficácia docente em relação a sua prática profissional na escolarização de alunos com autismo. Para tal, o texto apresenta indicadores de equivalência semântica resultantes do processo de tradução e adaptação transcultural da escala Autism Self-Efficacy Scale for Teachers (ASSET) para a língua portuguesa do Brasil. Certamente novos estudos precisam ser realizados, mas o texto traz importante contribuição científica para a área de Educação Especial. Read More →

Sobre a influência do gênero no ensino e na aprendizagem das ciências

Estudo analisa a proximidade entre as estratégias de aprendizagem preferidas por estudantes, moças e moços, e as estratégias desenvolvidas por docentes, professoras e professores, nas aulas de ciências de 9.º ano.
O estudo infere que, apesar de se registarem algumas diferenças entre moças e moços, estas diferenças se tornam mais acentuadas quando se comparam as preferências manifestadas dentro de cada um destes grupos ou quando se comparam as preferências do grupo de estudantes com as práticas docentes.
Read More →