Tag: Saúde

Novembro Azul, PSA e campanhismo na saúde dos homens brasileiros

Os meses coloridos têm um forte apelo na mídia e em instituições de saúde. Mas será mesmo que essas campanhas de conscientização e alerta sobre determinadas doenças tem fundamentos de acordo com a Medicina Baseada em Evidência? Alertar a população sobre os riscos de sobrediagnóstico e sobretratamento do PSA e toque retal propagados pelo Novembro Azul também deve ser feito, não apenas sobre a doença e taxas de mortalidade, como todo ano são divulgados. Read More →

Normatividade, instituições e teoria psicanalítica: a psicanálise e suas inserções

O primeiro número de 2018 de Ágora: Estudos em Teoria Psicanalítica apresenta diferentes presenças da psicanálise, seja ela articulada ao campo da cultura e da norma – em que são pensadas temáticas como a feiura e o gênero –, ao espaço das instituições (por exemplo, universidade, hospital e escola), ou ainda, dentro de uma perspectiva de pesquisa teórico-conceitual que investiga noções como: a transferência, o sujeito e a pulsão. Read More →

A judicialização da Saúde: existem interferências da indústria farmacêutica no fenômeno?

Pesquisa em Minas Gerais apontou a relação entre médicos, escritórios de advocacia e indústria farmacêutica nas ações judiciais em saúde. Os pesquisadores apresentam os recentes resultados da aplicação de estratégia de investigação qualitativa para análise da interferência da indústria farmacêutica nas prescrições de medicamentos. Read More →

Fluxos migratórios e novas demandas e necessidades para o Sistema Único de Saúde (SUS): doença de Chagas e população boliviana na cidade de São Paulo

Migrações internacionais constituem novo fenômeno social. Saúde é campo sensível, perfis epidemiológicos e demandas para os serviços. No Brasil a presença de imigrantes sulamericanos, com inserção precária nas metrópoles, principalmente de bolivianos na cidade de São Paulo são expressivos. Estudo aborda atendimento aos bolivianos no SUS, enfocando doença de Chagas, por meio de entrevistas com profissionais dos serviços de saúde na região central de São Paulo, principal destino dessa população. Condições de vida e trabalho determinam perfis de adoecimento e iniquidades em saúde. Idioma e cultura são limites. Read More →

O Programa Mais Médicos está “dando certo”? Tem cumprido seus objetivos? Uma análise da implementação do Eixo Provimento de 2013 a 2015

O Programa Mais Médicos tem sido objeto de diversas discussões e pesquisas. Mas, está dando certo? Estudo tenta responder estas perguntas destacando o Eixo Provimento Emergencial, relacionado à atuação de médicos na saúde da família em 4 mil municípios, identifica seus objetivos e reúne evidências de sua implementação e resultados. Bases de dados do Governo Federal e a literatura são a fonte da análise apresentada. Read More →

Ser idoso no mundo contemporâneo – resiliência, questões econômicas, saúde física e social

Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia traz em seu número 5 de 2017 o editorial de Ina Voelcker, Diretora Técnica no Centro Internacional de Longevidade Brasil, tratando da resiliência ao longo da vida, diante das mudanças do mundo contemporâneo. Nesta edição, além dos temas voltados para a saúde física dos idosos, são apresentados artigos abordando questões econômicas, sociais e macrossociais. Read More →

Podemos ajudar os bebês a não sentir dor durante a hospitalização na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a dor é um problema relevante mundial na área da Saúde. Especificamente na área da Neonatologia, o manejo e alívio da dor, tanto farmacológico quanto não farmacológico, deve ser incluído na prática clínica de atenção à saúde e ao desenvolvimento de bebês nas Unidades de Terapia Intensiva Neonatais. Read More →

Como mães enfrentam a internação dos seus bebês em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal?

Ouvir que o filho nasceu prematuro e ficará internado é muito impactante para as mães. Procuramos conhecer como elas lidam com esse contexto altamente estressante, em tempo real, durante e após a internação. O impacto da notícia, o suporte social e das crenças religiosas, e as mudanças na forma de lidar com a situação foram analisadas pela Teoria Motivacional do Coping, subsidiando uma intervenção breve. Read More →

Os efeitos da nova lei da terceirização e a educação profissional em saúde como contraponto

Giovanni Alves lista 13 pontos polêmicos da Lei da Terceirização. Os temas deliberação coletiva na ética aplicada às questões da saúde, atenção básica e adoecimento mental de trabalhadores da saúde são destaques no fascículo que aborda ainda os impactos psicossociais causados pela construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, uma experiência de apoio matricial em residência multiprofissional, gestão do trabalho no SUS e inclusão social da pessoa com deficiência física. Read More →

A espiritualidade é importante para pacientes com câncer em cuidados paliativos?

Pesquisa aborda a relevância da dimensão espiritual do ser humano no processo de morrer e na busca de sentido para a vida. O estudo, publicado pelo Estudos de Psicologia (Campinas), analisa os significados da espiritualidade para pacientes com câncer e traz reflexões sobre a importância da atenção integral nos cuidados paliativos oferecido a esta população. Read More →

Como a prisão pode transformar o autoconceito das mulheres?

Pesquisadores investigaram modificações na maneira como as mulheres observam a si próprias, durante a experiência da prisão. Este contexto pressiona o autoconceito, visto que, em decorrência das privações e das mudanças drásticas das suas vidas, em relação ao tempo em que conviviam em sociedade, surgem muitas estratégias de adaptação cognitiva, para que possam manter a saúde mental e planejar a vida futura. O estudo demonstra a existência de mecanismos psicológicos de autoproteção, mesmo em circunstâncias desfavoráveis. Read More →

Concepções de vida, concepções de pessoa: debates sobre tecnologias reprodutivas e aborto no Brasil e na Argentina

O que há em comum entre os debates parlamentares acerca do aborto no Brasil e das tecnologias reprodutivas na Argentina? Como perspectivas conservadoras estão presentes nesses debates? Para responder essas questões cadernos pagu entrevista Lucía Ariza e de Lia Zanotta Machado (vídeo), autoras no dossiê Conservadorismo, direitos, moralidades e violência. Read More →