Tag: Saúde Pública

A resposta da administração pública brasileira aos desafios da pandemia da COVID-19

Estudos publicados pela Revista de Administração (RAP) em resposta aos desafios da pandemia de COVID-19 abordam seis temáticas para debater o papel importante do Estado e da administração pública, assim como suas redes de colaboração com parceiros privados e da sociedade civil, nas estratégias de combate à pandemia e seus efeitos sanitários, econômicos e sociais. Read More →

Escravidão contemporânea no Brasil, os impactos e as implicações para a saúde pública

A escravidão contemporânea é um grave problema que ainda persiste no Brasil. Suas características envolvem o trabalho forçado, servidão por dívida, condições degradantes e jornadas exaustivas. Trata-se de situações de imenso risco e desgaste para a saúde das vítimas e um complexo desafio o sistema de saúde brasileiro. Read More →

A epidemia de Gripe Espanhola em Botucatu, São Paulo, 1918. “Bons Ares” para quem?

Pesquisa sobre a passagem da Gripe Espanhola em Botucatu, interior paulista, na primavera de 1918, levanta inédita documentação histórica, historiciza estratégias e iniquidades em contexto epidêmico e desconstrói mitos de origem, apresentando Igreja Católica, Maçonaria e Partido Republicano Paulista como forças sociais no socorro aos enfermos. Read More →

Como padronizar informações na admissão de idosos em Instituições de Longa Permanência?

Estudo destaca o desenvolvimento e elaboração de uma ficha a ser utilizada à admissão em Instituições de Longa Permanência (ILPI). A ficha contempla itens que viabilizam a padronização e o desenvolvimento de estratégias direcionadas à melhoria da qualidade de vida dos idosos que residem em ILPI. Read More →

Quais são os possíveis caminhos para se enfrentar o suicídio?

O comportamento suicida é um sério problema de saúde pública, causando um elevado custo emocional e social. Assim, estudo articula a integralidade, a intersetorialidade e o cuidado em saúde à prevenção do suicídio, considerando a multicausalidade desse fenômeno e o sofrimento das pessoas em situação de risco para o suicídio. Read More →

Qual o lugar da América Latina na historiografia das exposições internacionais?

Ensaio analisa a historiografia das exposições internacionais do século XIX e início do XX e propõe uma abordagem teórica para o estudo dos eventos realizados na América Latina, até recentemente marginalizados ou invisíveis em um panorama que privilegia a Europa e a América do Norte. Read More →

Identificação policial no atlântico sul-americano

Estudo apresenta como nas últimas décadas do século XIX, difundiram-se no mundo diferentes métodos de identificação. No espaço atlântico sul-americano, dois desses sistemas, a antropometria e a datiloscopia, disputaram a hegemonia nas polícias. Read More →

Sérgio Buarque de Holanda & História Ambiental: diálogos historiográficos

A historiografia brasileira lança novos olhares sobre Sérgio Buarque de Holanda, o mundo natural destaca-se na escrita de sua obra possibilitando à História Ambiental novas interpretações sobre a história do Brasil. Read More →

O primeiro hospício do Brasil e o controle social no fim do século XIX

Primeiro do Brasil, o Hospício de Pedro II, no Rio de Janeiro, de 1852, tem aparecido na história da psiquiatria, por influência de Michel Foucault, como a concretização do projeto de controle social de uma elite médica. Com base no estudo de fichas de entrada e outros documentos do hospício entre 1883 e 1889, Daniele Corrêa Ribeiro demonstra a complexidade de atores, relações, demandas e interesses envolvidos na gestão cotidiana do estabelecimento e apresenta novas possibilidades. Read More →

Quais foram as mudanças na saúde mental brasileira após 14 anos da publicação do artigo sobre “reforma psiquiátrica”?

Fernando Tenório, autor do artigo mais acessado de HCS-Manguinhos no SciELO, traz um panorama histórico da Reforma Psiquiátrica no Brasil. Em conversa com a equipe do periódico, o autor falou sobre a importância da reforma, da promulgação da Lei de Saúde Mental em 2001, e sobre o que mudou nestes 14 anos após a publicação do artigo. Read More →

Ciência, política e religião nos saberes psicológicos na Itália

“Un enigma llamado Agostino Gemelli”, de Mauro Pasqualini, examina o trabalho do padre franciscano que desempenhou um papel importante na articulação entre o mundo católico, a psicologia e o fascismo na Itália do entreguerras. A pesquisadora da Fiocruz, Ana Teresa Venancio, comenta o artigo e analisa as contradições de Gemelli. Read More →

História, Ciências, Saúde – Manguinhos: a trajetória de um periódico interdisciplinar na Semana Especial do Blog SciELO em Perspectiva | Humanas

O periódico História, Ciências, Saúde – Manguinhos participa da semana especial do SciELO que acontecerá entre os dias 24 e 28 de outubro de 2016. Nosso objetivo é oferecer ao leitor a oportunidade de conhecer os artigos que comporão o volume 23, número 4. Para isso, preparamos matérias interessantes, entrevistas e dois vídeos: um com os editores Marcos Cueto e André Felipe C. da Silva falando um pouco da história e desafios de HCSM, e outro com o autor Fernando Tenório que discute questões pertinentes ao campo da psiquiatria. Acompanhem-nos! Read More →