Tag: Saúde

Uma nova proposta para compreender e tratar da drogadição – o circuito dos afetos

Uma nova explicação para a drogadição permitiu reorganizar o trabalho de um CAPS-AD que passou a compartilhar um esquema referencial comum de ação terapêutica, que entende que o consumo abusivo de substâncias é decorrente de um modo particular de configuração dinâmica dos afetos e não é determinado pelas substâncias. Read More →

Reforma Sanitária e Saúde Coletiva – o direito e a formação em saúde no debate democrático

Os estudos da chamada Reforma Sanitária brasileira, entre 1970-1980, ainda se ressentem da compreensão de experiências regionais acerca da lógica vivida por grupos determinados, instituições e movimentos atrelados à luta pela democracia e o direito à saúde. Dentro dessa motivação, busca-se apresentar um estudo histórico sobre parte das experiências médico-sanitárias vividas no Estado de São Paulo. Read More →

É possível avaliar a espiritualidade em adolescentes?

A espiritualidade é uma importante dimensão humana, apresentando relação com diferentes aspectos da saúde física e mental. Um desafio ainda persistente nesse tema é como avaliar a espiritualidade, especialmente em adolescentes. O Módulo Espiritualidade, Religiosidade e Crenças Pessoais (WHOQOL-SRPB) apresenta-se como uma possibilidade, com bom funcionamento entre adolescentes brasileiros. Read More →

(Re)pensar a saúde, educação e os direitos humanos em tempos sóbrios e a atualidade do pensamento Arendtiano

Estudos publicados em dossiê tem como objetivo cumprir o desígnio da interdisciplinaridade na saúde coletiva a partir de reflexões sobre o pensamento da filósofa Hannah Arendt, valorizando as possibilidades de sua contribuição para diferentes áreas de conhecimento, tais como saúde, educação e direito. Read More →

Como investir em novas abordagens para reduzir o estigma em relação às pessoas que usam drogas?

Apesar de décadas de estudos constatando a existência do estigma relacionado ao uso de drogas, as iniciativas para lidar com esse problema ainda são reduzidas. Dentre os estudos propostos, apesar de indicadores positivos de resultados, diversas limitações impossibilitam assegurar a efetividade dessas intervenções. São necessários avanços propondo novas alternativas baseadas em evidências. Read More →

A importância da linguagem corporal no contexto esportivo

Estudo analisou, sob a perspectiva dos praxemas, a importância da linguagem corporal de jogadores em jogos esportivos coletivos, especificamente no voleibol. Concluiu-se que durante o processo de ensino-aprendizagem, em seus mais diferentes âmbitos, o professor deve desenvolver os processos de leitura de jogo e tomada de decisão, contemplando alguns conhecimentos específicos de sua lógica interna, como as interações motrizes de cooperação e oposição que são estabelecidas entre os jogadores. Read More →

Percepções de pessoas idosas sobre o cuidado com o(a) idoso(a) frágil na comunidade

Estudo busca compreender a percepção da pessoa idosa na comunidade e subsidia entender como elas lidam com esse processo, que é crescente na sociedade. A perspectiva desse público é uma mudança da centralidade de ações do olhar dos profissionais para entender o fenômeno a partir das experiências de cuidado das pessoas idosas frágeis. Read More →

Pode a música contribuir com a saúde cognitiva de idosos?

O envelhecimento da população é um fenômeno mundial. É urgente desenvolver estratégias para prevenir ou retardar o declínio cognitivo. Estudo apresenta os resultados de uma pesquisa que buscou conhecer os efeitos de atividades musicais para idosos, indicando que a música pode contribuir com a saúde cognitiva. Read More →

Avaliação do uso de álcool e adesão à uma intervenção on-line entre estudantes universitários

O uso da internet tem facilitado a disponibilização de estratégias em saúde, mas apesar de favorecer o acesso a um grande número de pessoas a adesão tende a ser relativamente baixa. Estudo avaliou fatores associados à participação em uma intervenção via internet sobre o uso de álcool entre universitários. Read More →

Cenas da pandemia. O que podemos pensar sobre educação?

Em 2020, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) faz 30 anos. Esse marco coincide com a pandemia causada pela COVID-19, que coloca em conflito noções de direito ligadas à preservação da vida e da liberdade apresentadas pelo ECA. Diante desse contexto, estudo trata sobre reinvenções e deslocamentos diante da quarentena explorando seis cenas expressivas da reinvenção do cotidiano que estão vinculadas a três dimensões específicas: a relação de famílias com as tecnologias; a relação das famílias com a escola; e a relação das famílias com suas crianças. Read More →

Saúde e doença de homens jovens da periferia na perspectiva interseccional

O estudo aborda a articulação dos marcadores sociais da diferença (gênero, raça/cor e classe social) na produção de processos de saúde e adoecimento de homens jovens em contextos de periferia urbana. As análises apresentadas têm como base uma pesquisa-ação desenvolvida com jovens da Zona Leste de São Paulo. Read More →

E quando o cuidador também é idoso?

Estudo objetivou identificar a associação entre dupla vulnerabilidade e qualidade de vida de 148 idosos cuidadores. Os cuidadores idosos com maior risco de pior qualidade de vida foram os com três ou mais doenças, com sobrecarga média ou alta e com pior avaliação de saúde comparada com passado. Read More →