Tag: Vídeo

RAE: uma jornada de crítica e reinvenção da Administração

A revista RAE foi um dos primeiros periódicos especializados em Administração de Empresas do Brasil, publicando inicialmente textos sobre a gestão americana de negócios, tornou-se uma referência nacional ao receber colaboração de autores de diversas instituições. Ao longo de suas seis décadas, o periódico consolidou-se como instrumento de crítica e reinvenção da Administração. Read More →

Memória, ação e perspectivas para o futuro

Um dos mais tradicionais periódicos científicos em Administração do Brasil, a RAE celebra 60 anos com a participação na Semana Especial do Blog SciELO em Perspectiva|Humanas. Durante a programação, os leitores acompanharão reflexões sobre estudos organizacionais históricos e o futuro das pesquisas em Administração de Empresas, e artigos da edição especial de comemoração que abordam a história da RAE e sua trajetória, a questão da inclusão e diversidade na Academia de Administração, o que vem depois do capitalismo e a influência da língua francesa na academia, entre outros. Read More →

Sobre a obscuridade da ciência ou para onde vão os resultados negativos das pesquisas?

Dando continuidade a uma série de estudos que tratam da obscuridade de parte da ciência, pesquisas nesta temática vêm sendo realizadas a partir de 2020 para tratar dos desdobramentos do e-science, da ciência aberta, da gestão de dados de pesquisa e correlatos. Estudo realizado por meio de uma pesquisa exploratória na escassa literatura sobre o tema investiga o fenômeno dos resultados negativos analisando a incorporação desses dados no ciclo de publicação acadêmica. Read More →

A herança das paixões políticas em famílias de ex-militantes sindicais

Pesquisa trata das afetividades políticas em famílias de ex-militantes sindicais do ABC Paulista e os reflexos nas formas de engajamentos políticos dos(as) filhos(as). Por meio de entrevistas biográficas estudo mostra como se desvela a constituição de comportamentos/sentimentos políticos no âmbito da socialização privada. Read More →

Como superar as desigualdades em educação no Brasil: igualdade ou equidade?

O que seria melhor para superar as desigualdades educacionais? Um tratamento igualitário para todos ou diferenciado para quem precisa? Estudo argumenta que para o Brasil alcançar melhores resultados educacionais e maior justiça social é preciso que os gestores públicos de educação adotem um olhar diferenciado para o alunado residente de áreas de maior vulnerabilidade social. Read More →

Recursos do mercado financeiro para projetos habitacionais de interesse social: o Título de Impacto Social

Empresas estão buscando recursos no mercado financeiro para financiar soluções habitacionais para famílias de baixa renda, enxergando a habitação como uma “oportunidade” de negócios. Estudo revisa a literatura para compreender como este mercado se estrutura e, para entender esta dinâmica, analisa o caso de uma empresa em São Paulo, Brasil, que criou uma debênture para oferecer crédito com juros menores, às famílias mais pobres, para reformarem suas casas. Read More →

Expandindo as fronteiras da privatização da educação

Utilizando ferramenta de análise de documentos digitalizados extensos, pesquisadores identificaram novas dinâmicas da privatização da educação na maior rede pública de ensino do Brasil. O estudo mostra que, entre 2015 e 2018, a governança da educação no estado de São Paulo incorporou novos atores e as fronteiras entre público e privado se opacificaram. Read More →

O periódico História (São Paulo) como prefácio do Programa de Pós-Graduação em História da Unesp

O sucesso da unificação dos periódicos da área de História da Unesp representou um marco na colaboração entre os Programas de Pós-Graduação da área, localizados nas unidades de Assis e Franca, e uma experiência valiosa na criação do novo Programa de Pós-Graduação em História da universidade. Read More →

Os paulistas e a abolição como estratégia de poder

Nos últimos anos do Império, organizou-se em São Paulo um grupo de cafeicultores decididamente politizados. Republicanos de meias sinceridades, viram na crise da escravidão, antes do que a consagração da igualdade social, uma janela de oportunidades para ampliar sua participação na administração pública. Adotaram então uma política de paciência estratégica, para que o desgaste político e econômico da abolição recaísse sobre a monarquia. Não à toa, foram os artífices da Primeira República. Read More →

O comércio de gentes nas praias do litoral norte de São Paulo

As belas praias do litoral norte paulista testemunharam uma das maiores tragédias da humanidade: o comércio de gentes sequestradas na África. Entre as décadas de 1830 e 1850, fazendas, sítios e barracões foram montados naquelas praias como partes da logística do tráfico de escravizados na clandestinidade. Muito antes da imigração que marcou as fazendas paulistas no final do oitocentos, o comércio negreiro esteve na base da estruturação das lavouras de café. Nesse texto, trataremos desse passado incômodo, doloroso e inglório que se quis esquecer. Read More →

Em busca de uma economia esquecida no fundo da Mata Atlântica

A mata atlântica, moldura do litoral da Baixada Santista, é mais que o testemunho da exuberante vegetação original do território. Guarda também os vestígios da primeira ocupação econômica da região, que esta pesquisa começa a desvendar, com o objetivo de publicar em um atlas interativo. Read More →

A expansão da malha fundiária paulista e a ocupação do sertão, séculos XVI ao XIX

Estudo busca discutir o processo de expansão da colonização das terras no rumo do oeste paulista. Analisa a interação entre a pequena lavoura de alimentos, baseada na terra informalmente ocupada, e a grande lavoura comercial e escravista. O artigo pretende apontar para o papel de desbravador das terras do sertão exercido pelos roceiros e posseiros, que são seguidos pelos grandes lavradores, que conseguem, por sesmarias ou compras, adquirir a terra dos primeiros. Read More →