Guinada editorial e preparação para novos desafios são marcas da primeira edição de 2015 da Revista Brasileira de Política Internacional – RBPI

Antônio Carlos Lessa, editor-chefe da Revista Brasileira de Política Internacional e professor associado do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília, Brasília, DF, Brasil

rbpiA Equipe Editorial do Blog SciELO em Perspectiva | Humanas, em pareceria com a RBPI, publicará ao longo desta semana 11 entrevistas referentes aos artigos apresentados no volume 58 nº 1 da RBPI. Fundada em 1958 pelo Instituto Brasileiro de Relações Internacionais –IBRI, a Revista Brasileira de Política Internacional – RBPI é a mais antiga publicação científica especializada em Relações Internacionais em circulação no Brasil. É também uma das mais tradicionais e influentes publicações da América Latina.

No primeiro número de 2015, a Revista Brasileira de Política Internacional – RBPI apresenta 12 artigos que tratam das relações entre o Brasil e a África, economia e segurança internacionais e integração regional.

Os trabalhos de Alcides Costa Vaz, professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília, e de Wilson Mendonça e Carlos Aurélio Pimenta de Faria, da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, se debruçam sobre a política brasileira para a África, tanto na vertente dos desafios que a sua implementação tem trazido para a diplomacia brasileira ao longo dos últimos vinte anos, quanto na perspectiva do desenvolvimento da política de cooperação internacional na área agrícola.

Os temas relacionados com a integração regional, tanto da América do Sul, quanto em outra região, tem sido também uma constante nos trabalhos publicados pela Revista ao longo dos últimos anos. A presente edição traz três contribuições importantes sobre o tema, em diferentes perspectivas. O artigo de Gian Luca Gardini, da University of Erlangen-Nuremberg (Alemanha) inquere sobre o desenvolvimento da ideia de integração na América Latina, e os múltiplos arranjos que tem surgido ao longo dos últimos anos. A professora da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Taiane las Casas, analisa em seu artigo a vitalidade do Mercosul e da Comunidade Andina de Nações, considerada na ótica da sua capacidade de prover bens públicos, especialmente na área de segurança. Os desafios que os processos de estabilização econômica de países como Portugal e Grécia trouxeram para a União Europeia são a preocupação principal do trabalho de António Goucha Soares, professor da Lisbon School of Economics and Management, de Portugal.

Um terceiro bloco de contribuições dessa edição é formado por artigos que analisam aspectos da economia internacional. A perspectiva histórica que instrui a análise sobre a evolução da ordem econômica internacional ao longo do século XX é o tema central do trabalho de Paulo Roberto de Almeida, diplomata de carreira e professor do Centro Unificado de Brasília. Yonca Ozdemir, professora da Middle East Technical University (Turquia), se volta, em seu artigo, para os fatores políticos que levam ao sucesso de estratégias de estabilização econômica, analisando especificamente os casos do Brasil e da Argentina. Os motivos que levaram o Brasil a adotar tradicionalmente uma postura defensiva em negociações multilaterais sobre o comércio de serviços são o tema do artigo do pesquisador da Ohio State University (Estados Unidos), Raphael Coutinho da Cunha. A pesquisadora da Universidade Lusíada (Portugal), Joana Castro Pereira, analisa em seu artigo a crescente importância do meio ambiente, e dos recursos naturais em particular, nas relações internacionais.

Aspectos centrais da agenda de segurança internacional contemporânea são os temas dos trabalhos que compõe um quarto bloco publicado na nesta edição da RBPI. Ramon Blanco, professor da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, analisa os desafios do processo de construção da paz conduzido pela ONU em Timor-Leste. A inserção do crime organizado transnacional na agenda de segurança dos Estados Unidos e a sua qualificação como uma das principais ameaças contemporâneas à ordem internacional pós Guerra Fria são as preocupações da análise desenvolvida no artigo de Paulo Pereira, professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Finalmente, o professor da Naval Postgraduate School (Estados Unidos), Thomas C. Bruneau aborda em seu trabalho a complexidade da “terceirização” de serviços de segurança (ou o que antigamente se denominava simplesmente de “mercenários”) na ação militar norte-americana.

A RBPI é publicada em acesso aberto no SciELO desde 2007, e circulará em formato impresso até dezembro de 2015. Aliás, o abandono do formato impresso a partir do final de 2015 será uma das grandes mudanças na gestão do periódico, ao lado da adoção da periodicidade quadrimestral a partir de 2016. Esses são esforços que se alinham com outros ajustes de grande vulto que vem sendo empreendidos ao longo dos últimos anos. O primeiro deles certamente é a publicação integral em língua inglesa, o que nos pareceu um caminho natural na estratégia de internacionalização do periódico que vem sendo implementada há cerca de dez anos – nesse sentido, a partir da segunda edição de 2015 todos os números serão publicados exclusivamente em inglês. O crescimento exponencial do número de contribuições de autores vinculados a instituições no exterior e a possibilidade de recurso a pareceristas de outros países, notadamente não-lusófonos, aliás, podem ser também entendidos como um dos resultados preciosos desse percurso, além, é claro, do ganho principal que é permitir que a boa ciência feita na área por pesquisadores brasileiros ganhe a maior audiência possível.

A organização de números especiais, com editores convidados que são scholars com trajetória internacional em suas áreas de expertise, tem impulsionado a visibilidade internacional da Revista. Essas edições decorrem de grandes chamadas internacionais, que tem colhidos resultados extraordinários, com número crescente de contribuições submetidas. A partir de 2016, pelo menos um dos três números regulares publicados a cada ano será uma edição especial.

A RBPI tem se beneficiado de uma ação de divulgação bastante diversa. Os esforços empreendidos em prol do aumento da visibilidade da Revista incluem a exposição intensa da missão editorial do veículo em congressos nacionais e internacionais da área, a realização de entrevistas com os autores dos artigos publicados, a elaboração de press releases e de peças mais breves sobre os temas tratados nos trabalhos veiculados em cada uma das edições – e que são também publicados no site do IBRI e em outros veículos de divulgação científica da área.

Ao se preparar para comemorar os seus sessenta anos de circulação ininterrupta, em 2017, a RBPI busca, enfim, se consolidar como um grande e dos mais influentes journals especializados do Sul Global.

Para ler os artigos, acesse:

MENDONCA JUNIOR, W., and FARIA, C. A. P. A cooperação técnica do Brasil com a África: comparando os governos Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e Lula da Silva (2003-2010). Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 5-22. [viewed 23th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500101. Available from: http://ref.scielo.org/8b9f4c

BRUNEAU, T. C. The US experience in contracting out security and lessons for other countries. Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 230-248. [viewed 16th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500112. Available from: http://ref.scielo.org/x87fmm

PEREIRA, J. C. Environmental issues and international relations, a new global (dis)order – the role of International Relations in promoting a concerted international system. Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 191-209. [viewed 18th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500110. Available from: http://ref.scielo.org/k7j6tn

CUNHA, R. C. Negociações comerciais em uma economia fechada: o Brasil e o comércio de serviços na Rodada Uruguai. Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 142-163. [viewed 16th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500108. Available from: http://ref.scielo.org/3vz5hm

OZDEMIR, Y. Political conditions for successful inflation stabilization: comparing Brazil and Argentina. Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 63-83. [viewed 17th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500104. Available from: http://ref.scielo.org/crf8m4

PEREIRA, P. Os Estados Unidos e a ameaça do crime organizado transnacional nos anos 1990. Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 84-107. [viewed 17th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500105. Available from: http://ref.scielo.org/d3fpnw

BLANCO, R. The UN peacebuilding process: an analysis of its shortcomings in Timor-Leste. Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 42-62. [viewed 17th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500103. Available from: http://ref.scielo.org/ft6w4n

GARDINI, G. L. Towards modular regionalism: the proliferation of Latin American cooperation. Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 210-229. [viewed 23th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500111. Available from: http://ref.scielo.org/zd9k4z

VAZ, A. C. International drivers of Brazilian agricultural cooperation in Africa in the post-2008 economic crisis. Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 164-190. [viewed 19th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500109. Available from: http://ref.scielo.org/pzcvrb

SOARES, A. G. EU Commission participation in the Troika mission: is there a European Union price to pay?. Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 108-126. [viewed 18th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500106. Available from: http://ref.scielo.org/39fqzd

LAS CASAS, T. A integração regional como mecanismo para provisão de bens públicos: uma análise comparativa da agenda de segurança pública no Mercosul e na Comunidade Andina de Nações.Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 23-41. [viewed 23th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500102. Available from: http://ref.scielo.org/ftqg5c

ALMEIDA, P. R. Transformações da ordem econômica mundial, do final do século 19 à Segunda Guerra Mundial. Rev. bras. polít. int. [online]. 2015, vol.58, n.1, pp. 127-141. [viewed 18th November 2015]. ISSN 1983-3121. DOI: 10.1590/0034-7329201500107. Available from: http://ref.scielo.org/cp8tx2

Link externo:

Revista Brasileira de Política Internacional – RBPI – www.scielo.br/rbpi

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

LESSA, A. C. Guinada editorial e preparação para novos desafios são marcas da primeira edição de 2015 da Revista Brasileira de Política Internacional – RBPI [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2015 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2015/11/23/guinada-editorial-e-preparacao-para-novos-desafios-sao-marcas-da-primeira-edicao-de-2015-da-revista-brasileira-de-politica-internacional-rbpi/

 

8 Thoughts on “Guinada editorial e preparação para novos desafios são marcas da primeira edição de 2015 da Revista Brasileira de Política Internacional – RBPI

  1. Pingback: Guinada editorial e preparação para novos desafios são marcas da primeira edição de 2015 da RBPI | IBRI

  2. Pingback: Guinada editorial e preparação para novos desafios são marcas da primeira edição de 2015 da RBPI | Antônio Carlos Lessa

  3. Pingback: Authors in the spotlight no Scielo em Perspectiva – Humanas | IBRI

  4. Pingback: Authors in the spotlight no Scielo em Perspectiva – Humanas | Antônio Carlos Lessa

  5. Pingback: A divulgação de perfis científicos e as entrevistas com os autores da RBPI, por Antônio Carlos Lessa | Mundorama

  6. Pingback: As entrevistas com os autores da RBPI 2/2015 |

  7. Pingback: Você pode ajudar muito na divulgação do seu artigo | Antônio Carlos Lessa

  8. I’ve been browsing on-line greater than 3 hours as of late, yet I by no means discovered any attention-grabbing article like yours.
    It’s lovely value sufficient for me. In my view, if all website owners and
    bloggers made just right content as you probably did,
    the web shall be much more helpful than ever before.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation