Elementos não humanos são geradores de tensão nas estratégias de coopetição entre cervejarias ciganas e não-ciganas

Fotografia do interior espaçoso de uma cervejaria ou vinícola com grandes tanques de fermentação de aço inoxidável reluzentes, caixas de madeira e bancos.

Análise de cervejarias artesanais do estado do Rio de Janeiro auxilia na compreensão da relação entre cervejarias ciganas e não-ciganas que usam estratégias de coopetição para expansão no mercado, evidenciando como os atores humanos e não humanos interagem e negociam tensões para alcançar objetivos mútuos. Segundo os pesquisadores, os elementos não humanos se destacam como os maiores geradores de tensão, sendo a fábrica o principal deles. Read More →

Desafios de professores-mestrandos no equilíbrio entre vida pessoal, acadêmica e profissional durante a pandemia

Ilustração de um homem em traje formal e máscara fazendo malabarismos com livros, uma maçã, um relógio e outros itens em frente a um quadro-negro com "Balancing Act" escrito nele. Uma mesa com livros e um caderno estão em primeiro plano.

A pandemia de coronavírus apresentou um alto impacto na vida de professores-mestrandos. Enquanto alguns experimentaram aumento na produtividade, outros enfrentaram dificuldades de comunicação remota, impactos na saúde mental e sobrecarga relacionada ao ambiente doméstico. Os dados obtidos mediante questionários podem servir de subsídio para ações voltadas ao cuidado pessoal e acadêmico. Read More →

Como o “internetês” afeta a ortografia de jovens em vulnerabilidade

O “internetês” está mudando a forma com que as novas gerações escrevem? Dados comparativos entre jovens de realidades sociais diferentes mostram que a relação entre linguagem digital e ortografia é multifacetada, e que alguns “textismos” (inovações típicas do jargão on-line) têm mais impacto do que outros. Read More →

Pombagira na encruzilhada dos sentidos: perspectivas não-hegemônicas são essenciais para ler a cultura brasileira

Capa do álbum “Traviarcado” de Bixarte. Na imagem, Bixarte, uma pessoa de cabelos longos, posa diante de um fundo vermelho vinho, vestindo uma roupa preta e joias. Na parte superior, consta o título do álbum em letras douradas.

Resumo: O uso das mitologias na obra de arte é a base para ler Maria Padilha na música homônima de Bixarte, assim como para lembrar ao leitor que a cultura hegemônica não serve para ler todas as formas de viver no mundo. Read More →

Estudo mostra que o retorno de investimentos ambientais depende da saúde financeira da empresa

Ilustração gerada por inteligência artificial mostrando uma árvore crescendo em um solo desértico. A base da árvore tem um pouco de grama bem verde. Sua copa cresce em formato circular, com formas abstratas embutidas em seu tronco, que se assemelham a vidro e latas de metal. No topo, há folhas verdes exuberantes. O fundo é um gradiente de cores pastel.

A perspectiva financeira influencia a avaliação das empresas na dimensão ambiental. Empresas com gastos ambientais e boa condição financeira são mais bem avaliadas e vistas como economicamente atrativas por investidores. O mesmo não ocorre com empresas que realizam gastos ambientais, mas possuem condição financeira inferior. Read More →

Inovações educativas de José Veríssimo contribuíram para o desenvolvimento do ensino paraense

Fotografia de um documento de época sobre o Collegio Americano, dirigido por José Veríssimo.

As propostas educacionais de José Veríssimo, enquanto diretor do Collegio Americano, apresentaram novas possibilidades para o ensino no Grão-Pará do século XIX. Contrapondo tradições conservadoras, sua abordagem laica e moderna influenciou debates políticos e a educação na atual região amazônica, deixando um importante legado no panorama educacional da época. Read More →

Educação em Revista: desafios editoriais e possibilidades científicas

Fotomontagem com capas de várias edições da "Educação em Revista" sobre um fundo azul dividido em duas partes: a superior em azul escuro e a inferior em azul claro. O logo do periódico está posicionado logo acima das capas.

A trajetória da Educação em Revista reflete seu compromisso com a publicação científica de qualidade. Este editorial aborda suas transformações na gestão científica, adaptação tecnológica, internacionalização e adesão à Ciência Aberta, discutindo a necessidade de profissionalização da editoria de periódicos científicos brasileiros para garantir sustentabilidade financeira e científica nacional e internacionalmente. Read More →

A Universidade Aberta do Brasil na gestão da permanência discente em cursos de pedagogia

Fotografia de um homem usando óculos e fones de ouvido sorrindo enquanto olha para a tela de um laptop. Ele está sentado em uma mesa com um livro, cadernos e uma caneta. Ao fundo, há prateleiras com pastas e vasos com plantas.

O crescimento da educação a distância (EaD) no Brasil, associado aos altos índices de evasão nesta modalidade, trazem a necessidade de renovação dos modelos de gestão escolar, visando a permanência dos estudantes até sua diplomação. A partir de uma análise dos cursos de pedagogia da Universidade Aberta do Brasil, pesquisadores desenvolveram diretrizes alternativas para garantir a permanência estudantil. Read More →

Plataforma web pode revolucionar o processo de correção de redações

Imagem promocional do CRIA (corretor de redações por inteligência artificial), mostrando o logo da ferramenta, detalhes sobre suas funcionalidades e contatos das redes sociais, tudo sobre um fundo roxo.

Em busca de uma alternativa para o laborioso processo de correção de redações, mais especificamente em relação à identificação de fuga ao tema em redações, pesquisadores desenvolveram uma plataforma de feedback de textos que simula as diretrizes e notas do ENEM, o CRIA (Corretor de Redações por Inteligência Artificial). A ferramenta já está sendo utilizada por estudantes e profissionais da educação. Read More →

Como os jovens vivenciam a democratização do acesso ao ensino superior?

Mapa ilustrando o Distrito Federal, no qual estão destacadas as áreas onde viviam os jovens entrevistados na pesquisa. Trata-se de 12 regiões administrativas da capital, uma das cidades mais desiguais do país.

A expansão educacional, marcada pela tensão entre meritocracia e pragmatismo no acesso ao ensino superior, confronta as aspirações e realidades dos jovens, especialmente os de origem popular, em meio à erosão das noções tradicionais de carreira e estabilidade. Enquanto alguns buscam qualquer diploma como meio de mobilidade social, outros visam carreiras específicas, tentando se adaptar diante de obstáculos. Read More →

Práticas pedagógicas para a permanência estudantil

Homem de cabelo castanho curto, usando óculos com armação retangular, terno e gravata pretos, apresentando um seminário em uma sala de conferências. Ao fundo, um telão exibe uma apresentação de slides com o texto "Metodologias Ativas na Sala de Aula".

A Educação Profissional vem passando por transformações, de modo que as escolas são desafiadas a ressignificarem a forma como mantêm um elo com a sociedade. A evasão discente é um dos grandes problemas enfrentados, e as práticas pedagógicas têm como objetivo proporcionar um maior envolvimento do discente com a instituição. Read More →

Construções coletivas: a avaliação por pares aberta de um artigo sobre literatura indígena

Fotografia de um homem indígena de costas, observando o horizonte. Ele usa um cocar colorido e diversos adereços tradicionais. Ao seu lado, há um pequeno lago cercado por um campo aberto com diversas vegetações. O céu acima está claro e azul.

A avaliação por pares aberta é fundamental para assegurar a integridade e a qualidade da pesquisa acadêmica, permitindo mais transparência e colaboração. De acordo com as pesquisadoras, o processo dialógico entre autores e pareceristas e a troca de saberes resultante garantiu um aprimoramento significativo da pesquisa. Read More →