A influência do pensamento e da língua francesa na Academia brasileira de Administração

Em um contexto histórico em que a pandemia global desafia nossas formas de desenvolvimento e se revela como uma verdadeira crise antropológica, o texto apresenta um olhar acerca da influência que os trabalhos de língua francesa exerceram sobre a comunidade acadêmica brasileira ao longo destes últimos anos. Read More →

RAE: uma jornada de crítica e reinvenção da Administração

A revista RAE foi um dos primeiros periódicos especializados em Administração de Empresas do Brasil, publicando inicialmente textos sobre a gestão americana de negócios, tornou-se uma referência nacional ao receber colaboração de autores de diversas instituições. Ao longo de suas seis décadas, o periódico consolidou-se como instrumento de crítica e reinvenção da Administração. Read More →

Memória, ação e perspectivas para o futuro

Um dos mais tradicionais periódicos científicos em Administração do Brasil, a RAE celebra 60 anos com a participação na Semana Especial do Blog SciELO em Perspectiva|Humanas. Durante a programação, os leitores acompanharão reflexões sobre estudos organizacionais históricos e o futuro das pesquisas em Administração de Empresas, e artigos da edição especial de comemoração que abordam a história da RAE e sua trajetória, a questão da inclusão e diversidade na Academia de Administração, o que vem depois do capitalismo e a influência da língua francesa na academia, entre outros. Read More →

Luta pelo direito à moradia em Lisboa durante a pandemia: observação participante e ativismo

A ação dos movimentos de luta por moradia em Lisboa ficou mais acirrada após o início da pandemia, dada a necessidade de isolamento social que caracteriza a prevenção de contaminação pelo coronavírus. Descrevendo o processo de lutas urbanas, participação e contestação, e ganhos na moratória contra os despejos e pagamento dos aluguéis, o pesquisador concluiu que os atores nessa luta urbana têm poder limitado sobre as mudanças que iniciam ou fazem um esforço para infligir, se não estiverem envolvidos em uma ação concertada e politicamente integrada. Read More →

Educação Permanente Digital e Instituições de Ensino Superior: potenciais e desafios multiculturais em período de pandemia

O artigo objetiva discutir a aprendizagem digital para a Educação ao longo da vida em nível universitário no Brasil. Apresenta conceitos de aprendizagem digital em abordagens multiculturais dentro de paradigmas ao longo da vida e contextualiza políticas educacionais na área. Discute a aprendizagem digital no contexto do início da pandemia COVID-19 no Brasil, analisando vantagens e desafios multiculturais nas diretrizes curriculares e nas respostas universitárias à questão. Read More →

Como o feminismo negro contribui com as pesquisas a respeito das culturas infantis?

Estudo apresenta como o pensamento do feminismo negro pode contribuir para a análise das culturas infantis, destacando os aspectos correlacionados a interseccionalidade entre as relações raciais, de gênero, classe e de idade. Além disso, tem como proposta promover o debate relacionado ao epistemicídio presente no meio acadêmico. Read More →

Segregação socioespacial e deslocamento das classes em Ciudad Bolívar, Bogotá

Deslocamentos entre moradia e trabalho fazem parte do cotidiano das populações de grandes cidades. Diferentes ocupações laborais e classes sociais costumam apresentar perfis distintos de deslocamento, especialmente em relação ao número de viagens e distância percorrida ao dia. A segregação socioespacial das classes impacta diretamente a mobilidade e seu planejamento. Read More →

Criticado por uns e admirado por outros, o que pensa Gramsci sobre a educação e a escola?

Este artigo apresenta os resultados de investigações das concepções de educação e de escola de Antonio Gramsci (1891-1937), para averiguar a identidade teórico-metodológica que guardam. Conclui-se que as formulações do comunista revolucionário italiano são expressões atualizadas do legado do marxismo originário e, portanto, não podem ser confundidas com concepções liberais. Read More →

Avaliação de Desempenho Docente: um caminho possível para o desenvolvimento profissional

A Avaliação de Desempenho Docente é vista nesse estudo como uma política educacional capaz de identificar não somente as necessidades formativas e de valorização dos docentes, como, também, de criar indicadores sobre os avanços e as fragilidades das unidades escolares e das próprias SME (Secretárias Municipais de Educação). Read More →

A educação e os desafios para a inclusão de grupos em situação de risco ou vulnerabilidade social

Estudos que resultam de pesquisas sobre inclusão, com ênfase em políticas e práticas educativas relacionadas a grupos em situação de risco ou vulnerabilidade social no Brasil e Argentina são apresentados em número temático do Cadernos Cedes. A partir disso, os autores problematizaram os complexos mecanismos de inclusão e exclusão existentes, apontando os desafios para a Educação. Read More →

Voto em Bolsonaro revela variante brasileira do populismo de direita

Em contraste com outros países, o Brasil de 2018 teve a maior a proporção de eleitores da extrema direita entre os cidadãos com melhor condição econômica. Pesquisa também revelou que, ao contrário da expectativa convencional, alta escolaridade não significou voto contra valores autoritários e em favor da diversidade na eleição presidencial. Read More →

Como avaliar as expectativas acadêmicas de estudantes ingressantes na educação superior?

Este estudo analisou a Escala Brasileira de Expectativas Acadêmicas para Ingressantes na Educação Superior. Os resultados revelam bom ajustamento e invariância da escala, considerando modalidade de ingresso na universidade, gênero e status de trabalho do estudante. A escala pode subsidiar instituições de ensino superior no desenvolvimento de políticas educacionais, programas e serviços acadêmicos para calouros. Read More →