Fórum Debate – Revista Almanack convida os pesquisadores Hendrik Kraay, Celso Thomas Castilho, Teresa Cribelli e a debatedora professora Camila Borges da Silva para o debate do livro Press, Power, and Culture in Imperial Brazil

Press, Power and Culture in Imperial Brazil é uma produção que apresenta as mais recentes publicações sobre a imprensa oitocentista do Brasil, o vasto acervo documental disponível na Biblioteca Nacional e Hemeroteca Digital além de contribuir com a apresentação das principais metodologias para estudo dessas fontes. Read More →

Como estudantes de mestrado vivenciam o ensino da leitura e da escrita em sua formação

Mestrandos de um curso de Comunicação e Sociedade de uma universidade pública, considerando o trabalho realizado pelos professores universitários, narram suas experiências relacionadas às práticas de leitura e escrita dos gêneros acadêmicos, a exemplo da dissertação. Read More →

Não fazemos selfies só para sermos admirados: temos 5 motivos para gostar desse tipo de fotografia

Jovens de 18 a 28 anos explicam porquê fazem selfies e compartilham esse tipo de fotografia nas redes sociais. Esses relatos ajudam a entender quais são os fenômenos psíquicos envolvidos na popularização das selfies e nos mostram que existem, pelo menos, 5 razões diferentes para nos apegarmos a estes registros. Read More →

Pesquisar é uma arte? Processos criativos têm a ver com estudos acadêmicos?

Processos criativos (no cinema, artes visuais, literatura, teatro, música) podem ensinar, e muito, a quem pesquisa na área da educação. Aprendemos nos relatos de artistas que arte, pensamento e vida não se separam. Aprendemos também que um texto científico pode (e deve) mostrar-se com vitalidade e inclusive beleza estética. Read More →

Como a interdisciplinaridade é pensada por estagiários de cursos de Ciências da Natureza?

Para compreender como práticas interdisciplinares estão presentes na formação inicial de futuros professores de Ciências da Natureza, os autores analisam relatórios e roteiros de estágio. O trabalho sinaliza como o tempo escolar e a rigidez dos conteúdos precisam ser negociados quando a interdisciplinaridade é proposta. Read More →

Redução de danos como estratégia clínica de fortalecimento e ampliação da democracia brasileira

Ações de segurança pública em cenas de uso de drogas inviabilizam a estratégia de redução de danos e fortalecem políticas de governo que perpetuam o racismo estrutural e a criminalização da pobreza. Read More →

Pode o teste de Rorschach contribuir para a compressão das características de personalidade de crianças com TDAH?

A pesquisa propôs avaliar através do teste de Rorschach e da Entrevista Kiddie-Sads, as características de personalidade de crianças e adolescentes atendidos em instituição psiquiátrica com objetivo de ampliar a compreensão das mesmas para além da descrição dos manuais diagnósticos. Read More →

O mercado da competência linguística e o nível socioeconômico

Competência linguística é essencial para sucesso na vida escolar e laboral. Alguns autores defendem a tese de que a escola seria o principal locus para legitimar e perpetuar diferenças de classe. Parte do sucesso no manejo da língua oral/escrita é herança familiar. A escola não consegue equalizar estas diferenças. Isso é patente nos dados dos egressos do nível superior no Brasil. Read More →

Investindo na desigualdade: a distribuição de investimentos públicos em Curitiba

As desigualdades socioespaciais das cidades brasileiras reduzem o direito à cidade. Ao mesmo tempo, a aplicação de investimentos públicos em infraestrutura urbana parece reforçar padrões de disparidade. Cabe, então, discutir quais as soluções para uma melhor distribuição de investimentos nas cidades brasileiras. Read More →

Entre médicos e religiosos: percepções sobre os malefícios da gula

O artigo analisa como os excessos alimentares foram abordados na literatura médica e religiosa que circulou em Portugal durante o século XVIII. Os autores traçam um estudo comparativo das diferentes fontes, mostrando as semelhanças e diferenças nas representações sobre a gula. Read More →

Silenciamento de mulheres em narrativas sobre a Escola Normal

Políticas de silenciamento orientam a organização de arquivos escolares, atualizando os silenciamentos vivenciados por mulheres em narrativas sobre o magistério. Modos criativos das mulheres devem aparecer em acervos de arquivos como condição de possibilidade para produções textuais que sustentem protagonismos marcados por experiências generificadas e racializadas. Read More →

Como a experiência estrangeira pode impactar na gestão de uma empresa?

Artigo identifica impactos da presença de conselheiros estrangeiros no conselho de administração de empresas listadas na B3, considerando variáveis como experiência acadêmica e profissional estrangeira, e os efeitos sobre indicadores de rentabilidade, trazendo à tona resultados interessantes a respeito de visões já institucionalizadas no ambiente de governança corporativa. Read More →