Quais as características de personalidade de agressores conjugais?

Pesquisas indicam que o trauma é um fator presente ao longo da vida de agressores conjugais. Este estudo objetivou investigar as características da história de vida e de personalidade de três homens detidos no Presídio Central de Porto Alegre. Os resultados permitem compreender a violência cometida por eles como decorrente de uma história de vida marcada por vivências traumáticas. Read More →

Quais as perspectivas de sucesso de recém-formados?

Como descrever o sucesso na perspectiva de recém-formados? Estudo revelou que é comum os recém-formados manifestarem sentimentos de apreensão e medo diante da transição da vida acadêmica para a vida profissional após a conclusão do curso superior. A construção de expectativas irrealistas sobre o sucesso nos anos iniciais da carreira e as dificuldades de adaptação ao trabalho tem potencial para afetar o desenvolvimento profissional subsequente. A partir dos resultados do estudo traçou-se implicações para o aconselhamento e a gestão. Read More →

Como é a dinâmica familiar de garotos vítimas de abuso sexual?

A família é um importante sistema para o desenvolvimento humano e ela pode ser um uma estrutura privilegiada para a detecção de sinais e sintomas de violências contra meninos. Nesse sentido, estudo objetivou ampliar a compreensão acerca de questões da dinâmica familiar e da violência sexual contra meninos, assim revelando que as dinâmicas familiares influenciaram ativamente os processos abusivos, pela possibilidade de favorecer ambientes protetivos ou desprotetivos e, também, pela presença de aspectos como transgeracionalidade e confusão no exercício dos papéis relacionais. Read More →

Paidéia participa da Semana Especial do Blog SciELO em Perspectiva | Humanas

Paidéia tem a honra de participar da Semana Especial do Blog SciELO em Perspectiva | Humanas entre os dias 6 a 10 de maio de 2019. Nesse período, convidamos os leitores a acompanharem diariamente a publicação de posts que tratam dos avanços da Psicologia como ciência e profissão. Esses posts repercutem os desafios contemporâneos em nossa área, sobretudo no que se refere à disseminação do conhecimento científico produzido em temáticas candentes da pauta social e política do contexto atual. Read More →

Qual é o desafio da docência no ensino superior brasileiro?

Um professor do ensino superior não apenas prepara aulas e corrige provas, mas acumula diversas funções. Entre tantas tarefas, como fazer para atingir a tão almejada satisfação profissional? Dois estudos buscam discutir algumas particularidades sobre o trabalho de docentes do ensino superior, por meio de pesquisa sobre sentido e engajamento no trabalho. Read More →

Porque será que as pessoas acreditam em teorias da conspiração?

Na sociedade contemporânea as pessoas são confrontadas com eventos que ameaçam a ordem social, tais como ataques terroristas, guerras e crises econômicas. Tais eventos dão origem a teorias da conspiração, que podem ser definidas como crenças explicativas utilizadas para compreender as ações de grupos ou organizações que se unem em um acordo secreto e tentam atingir um objetivo oculto, sendo este percebido como ilegal ou malévolo. Read More →

Fotografias 3×4 e a história do trabalho infanto-juvenil no Brasil da Era Vargas

Estudo analisa a presença de jovens entre 14 e 18 anos no mundo do trabalho durante as décadas de 1930 e 1940, momento de importantes avanços na legislação trabalhista brasileira. Partindo do estudo das fichas de qualificação profissional e das fotografias 3×4 dos jovens trabalhadores, o autor ressalta como nem sempre as normas de trabalho vigentes eram respeitadas pelas empresas do Rio Grande do Sul. Read More →

Literatura, filosofia e linguística são temas em destaque do periódico Alea: Estudos Neolatinos

Alea reúne um conjunto de artigos que transitam pelos mais variados tópicos das literaturas neolatinas, incluindo também textos ligados com áreas de domínio conexo como a arte, a filosofia e a linguística incluindo textos de releitura da obra de Jacques Derrida; estudos sobre literaturas de língua portuguesa, bem como textos que se debruçam sobre obras literárias de autores espanhois e hispano-americanas. Read More →

Anemia Falciforme em crianças e as estratégias de enfrentamento da dor

A Anemia Falciforme é a doença genética mais comum entre as hemoglobinopatias e de maior prevalência no Brasil. Sabe-se que o quadro clínico mais frequente é a dor, e que, complicações psicológicas da Anemia Falciforme incluem estratégias inadequadas para lidar com a dor. Sendo assim, entender como crianças com Anemia Falciforme enfrentam a dor é de suma importância para ajudar na elaboração de intervenções dirigidas a essa população. Read More →

O redesenho dos ambientes digitais de informação em saúde: uma humanização necessária e urgente

Estudo propõe um redesign para ambientes digitais de informação em saúde a partir da perspectiva de convergências entre a Ciência da Informação e o Design da Informação voltados para as condições da microcefalia. As recomendações se justificam pela melhora na comunicação e acesso à informação, resultados de busca e qualificação dos sujeitos. Read More →

Como desenvolver o planejamento participativo em programas de pós-graduação?

Estudo apresenta metodologia e sugere associar ao planejamento todos os envolvidos no programa de pós-graduação (PPG). Além dos docentes, técnicos e discentes do programa, são também convidados os participantes externos, tanto no planejamento quanto na gestão do Plano. A metodologia visa com isso incluir e comprometer os planejadores, promover aderência e gerar ações efetivas na realidade social do PPG. Read More →

Biblioteca universitária (des)construindo estratégias para a inclusão de usuários com necessidades especiais

Estudo objetivou diagnosticar práticas inclusivas em bibliotecas universitárias brasileiras e portuguesas, particularmente no que diz respeito ao papel de um campus acessível na inclusão de usuários com necessidades especiais. Por meio de questionários online respondidos pelos diretores, conclui-se que as bibliotecas não possuem infraestrutura acessível para promover a inclusão desses usuários. Read More →