Como se aprende em redes de micro e pequenas empresas? O que a literatura nos diz?

Micro e pequenas empresas são organizações limitadas em recursos, por essa razão procuram sanar limitações usando mecanismos como as redes, ambientes onde aprendem, compartilham conhecimentos e recursos entre seus membros. Estudo sistematiza o conhecimento produzido sobre o que a literatura nos diz quando se aprende em ambientes de redes. Read More →

Deixar viver, deixar morrer: COVID-19 e desigualdade racial em saúde

A pandemia do coronavírus é um desafio para países que apresentam desigualdades profundas. No Brasil, negras e negros irão sofrer mais severamente os impactos da pandemia. Estudo apresenta dados e aspectos históricos sobre a vulnerabilidade da população negra e sugeridas ações de combate ao racismo e suas devastadoras consequências no contexto da COVID-19. Read More →

Quem influencia o desenvolvimento da contabilidade pública na América Latina?

Os países latino-americanos têm experimentado um interesse crescente pela transição das normas internacionais de contabilidade pública (IPSAS). Apesar do grande interesse, nenhum país completou a transição. Na América Latina, as organizações multilaterais, chamadas pela literatura de comunidades epistêmicas, promovem a adoção das IPSAS entre os países membros. Esses desenvolvimentos também podem ser vistos no contexto de um movimento mundial para a adoção de técnicas atreladas às ideias da Nova Gestão Pública. Read More →

Como as tecnologias da comunicação vêm interferindo na política?

Estudo tenta oferecer explicações para algumas das perplexidades que as democracias do mundo vêm experimentando. Países como Estados Unidos, Reino Unido e Brasil, por exemplo, têm feito opção por líderes (Trump, Bolsonaro) ou movimentos (Brexit) políticos que negam modelos estabelecidos de debate político e prometem representar a voz do “povo”. Read More →

Bitcoins: por que o tratamento contábil como moeda estrangeira é adequado?

Ensaio traz reflexão sobre contabilização de bitcoins, questionando o tratamento como bens adotado pela Receita Federal do Brasil e pelo Internal Revenue Service dos Estados Unidos da América. Ao analisar os aspectos tributários da criptomoeda, sugere-se que o tratamento contábil seja o mesmo adotado para moedas estrangeiras. Read More →

Dedicatórias é fixar o tempo no papel

As dedicatórias são tratadas como atos de linguagem que extrapolam a função comunicativa e conectam-se às intenções dos sujeitos de atribuir autoridade ao que escrevem, produzir sensibilidades em seus interlocutores e, assim, criar fronteiras simbólicas de integração pessoal e afetiva. Desta forma, estudo inventaria e analisa dedicatórias como indicativas de circuitos de sociabilidades de modo a identificar circulação, posse e consumo de livros. Read More →

O que nos dizem os discursos da dança?

Nos tempos difíceis que estamos vivendo, vídeos de arte e, entre eles, da arte da dança, podem nos oferecer momentos ímpares de beleza. Neles, a dança espetáculo expressa-se de inúmeras formas, do balé à street dance. Como apreciá-las? É possível compreender a linguagem dos diferentes gêneros e dar-lhes sentido? Read More →

Como pensar a prática docente em Sociologia da educação?

Utilizando a literatura franco-luso-brasileira sobre duas correntes sociológicas, considerando suas diferenças e similitudes, estudo propõe uma reflexão teórica sobre a prática docente. A partir de categorias de pensamento oferecidas pela sociologia da socialização e pela sociologia pragmática contribuem para uma visão mais completa e complexa da atividade profissional dos docentes. Read More →

Trans/Form/Ação inaugura novas práticas de avaliação e revisão de manuscritos e democratização do conhecimento

Trans/Form/Ação: revista de filosofia da Unesp inova ao inaugurar a modalidade de comentários aos artigos aprovados para publicação. Além desta atividade, o periódico intensifica práticas já consolidadas a fim de garantir a transparência e qualidade dos pareceres e dos textos aprovados, fortalecendo a democratização gratuita e universal do conhecimento, princípios defendidos pela “Ciência Aberta”. Read More →

Qual perspectiva de futuro tem o jovem diante das injustiças vividas?

Qual a percepção de violência e justiça entre os jovens escolares? Pesquisa qualitativa contrastou juventudes distintas no Brasil e em Portugal, com contextos, culturas, valores e experiências escolares diversas em escolas de centro urbano e de periferia, sem intuito comparativo e analisou as concepções e práticas a respeito das violências e da justiça entre sujeitos escolares. Read More →

Produção e difusão do conhecimento nos manuais de impressão da Época Moderna

O estudo dos manuais de impressão da Época Moderna pela historiografia permite compreender o processo de produção e difusão do conhecimento. Tal ação também possibilita reconhecer os manuais como resultantes das práticas e estratégias empreendidas por autores, artistas e livreiros. Read More →

Comportamento do mercado de ações brasileiro dentro das mudanças econômicas das últimas décadas

Com o uso de técnicas quantitativas foi possível identificar aspectos relevantes para o cenário financeiro nacional. Estudos da área de finanças analisaram o comportamento do mercado brasileiro de ações com relação aos efeitos de variáveis como governança corporativa, comunalidade na liquidez e a ocorrência de eventos geopolíticos e econômico-financeiros de impacto. Read More →