As origens do território entre Lapa e Barra Funda, nas várzeas do rio Tietê

O território de várzea entre Lapa e Barra Funda, na capital paulista, teve como elementos estruturantes o rio, a ferrovia e as marginais. Seu desenvolvimento, em particular, representa processos que moldaram o espaço urbano da cidade de São Paulo como um todo, envolvendo sua paisagem original e a ocupação das áreas inundáveis às margens do Rio Tietê. Read More →

As possibilidades de leitura da morfologia urbana a partir da ferramenta PeopleGrid

Estudo apresenta a Plataforma PeopleGrid que permite análises espaciais com base na opinião popular. Integrada com o GoogleMaps, esta ferramenta dispõe de uma infinidade de possibilidades quanto à recortes geográficos de análise. O PeopleGrid tem potencial de auxiliar em diversas etapas do processo de planejamento urbano e ambiental. Read More →

Saúde e doença de homens jovens da periferia na perspectiva interseccional

O estudo aborda a articulação dos marcadores sociais da diferença (gênero, raça/cor e classe social) na produção de processos de saúde e adoecimento de homens jovens em contextos de periferia urbana. As análises apresentadas têm como base uma pesquisa-ação desenvolvida com jovens da Zona Leste de São Paulo. Read More →

Ano 2091: como ocupar as filosofias da educação?

Questiona-se as filosofias da educação em relação ao papel das lutas na transformação da escola, considerando, especialmente, as ocupações secundaristas. Conclui-se que uma longa tradição filosófica sobre a educação vem negando aos estudantes o papel de elementos ativos na invenção da escola, investindo pouco ou nenhum pensamento nas lutas estudantis. Read More →

De que forma os sentidos e as memórias compõem nossa cultura e consciência?

Tradução inédita em língua portuguesa do segundo prefácio da obra “Desenvolvimento da memória”, escrito em conjunto por Vigotski e Leontiev, é apresentada em dossiê temático pelo Cadernos Cedes. A publicação explora novas perspectivas no que toca aos conceitos de sentido e memória, e o papel destes na formação social da vida psíquica. Read More →

E quando o cuidador também é idoso?

Estudo objetivou identificar a associação entre dupla vulnerabilidade e qualidade de vida de 148 idosos cuidadores. Os cuidadores idosos com maior risco de pior qualidade de vida foram os com três ou mais doenças, com sobrecarga média ou alta e com pior avaliação de saúde comparada com passado. Read More →

Antropologia da Biossegurança apresenta debate sobre emergências sanitárias e ambientais como doenças vetoriais, epidemias e pandemia

Horizontes Antropológicos se inscreve em uma intersecção entre diferentes temas e campos que tratam de questões contemporâneas – e futuras – para a etnografia e para a teoria antropológica, como os de ambiente, risco e desastres e antropologia médica e da saúde, com ênfase para a pandemia de COVID-19. Read More →

Agência comportamental: o que já sabemos e para onde vamos?

Estudo destaca a importância da teoria da agência comportamental para empresas que confiam em seu processo de tomada de decisão a um agente e para o comportamento deste. A compreensão do comportamento do agente é estratégica para que as empresas o ajudem a atuar em benefício dela enquanto reduzem as possibilidades de comportamentos inadequados e prejudiciais. Read More →

“A novidade veio dar à praia” — transformações do ativismo e dos movimentos sociais contemporâneos

As pesquisas atuais sobre os movimentos sociais e a conflitualidade contemporânea são, em geral, reféns de um forte imediatismo. Presas na conjuntura imediata não conseguem captar as tendências, os sentidos e as disputas mais amplas em curso. Navegando contra essa corrente, estudos buscam contribuir a elucidar a atualidade dos movimentos sociais com um olhar que combina diferentes temporalidades e processos sociopolíticos. Read More →

A formação de professores para o Ensino Médio está demasiadamente centrada na prática?

Estudo examina algumas situações cotidianas envolvendo a formação inicial de professores ocorridas em cursos no Sul do Brasil, desenvolvidos por instituições públicas e privadas de ensino superior. Em tais experiências parece evidenciar-se um declínio da legitimidade acadêmica nos recentes modelos formativos em favor de uma centralidade das práticas, de uma ludificação dos procedimentos e um esmaecimento dos saberes curriculares e de sua função pública para a docência no Ensino Médio. Read More →

Estudos Avançados investiga combate à pandemia de COVID-19

O esforço para colaborar com o debate acadêmico e do público em geral sobre a complexidade da pandemia causada pelo coronavírus Sars-CoV-2 e suas consequências, resultou na publicação de estudos por pesquisadores de duas dezenas de universidades e instituições de pesquisa de vários estados brasileiros. Read More →

Nexos e modulações de classe social na saúde no Brasil

O estudo apresenta as relações entre classe e saúde, as mudanças na distribuição da saúde no Brasil de 2003 a 2013, bem como os nexos entre classe, autoavaliação da saúde e seus indicadores. Além disso, demonstra que classe social afeta o modo como a renda, a educação e as doenças crônicas geram ganhos ou ônus à saúde no Brasil. Read More →