Category: Press Releases

Liderança para além da relação líderes e seguidores: rompendo com a concepção heroica, masculina e individual de liderança

Liderança é considerada um tema relevante nas organizações e sociedades contemporâneas. Contudo, a concepção masculina e heroica de liderança fundamentada em uma relação entre líderes e seguidores não tem se mostrado adequada e efetiva para responder os novos desafios sociais organizacionais e sociais em sociedades complexas com suas demandas identitárias. Read More →

O que indisciplina, currículo e cultura têm a nos revelar?

Estudo publicado por uma das revistas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) investiga e discute as relações entre indisciplina, currículo e cultura em escolas municipais do estado do Rio de Janeiro. Os autores concluem que concepções monoculturais de currículo podem favorecer situações de indisciplina nas escolas e apontam caminhos para novas práticas de ensino. Read More →

Como bebês nascidos pré-termo e a termo reagem diante da indisponibilidade materna?

Durante o processo de desenvolvimento os indivíduos precisam regular suas emoções frente a eventos que lhe tragam desconforto. Nesse estudo discute-se o quanto essa habilidade está presente em um período precoce da vida e se bebês nascidos pré-termo exigem de suas mães um maior esforço para regulação emocional do que os bebês nascidos a termo. A interação da mãe com o bebê foi observada em uma situação estruturada em que durante três minutos a mãe deixou de interagir com o bebê, criando uma situação de desconforto para ele e uma oportunidade para observar suas habilidades de regulação. Os resultados da investigação mostraram que tanto os bebês nascidos pré-termo como os a termo foram capazes de se regular diante da ausência de resposta materna, sendo que os bebês a termo apresentaram mais dificuldade para restabelecer a interação com a mãe. Os achados contribuem para a discussão e planejamento de ações que promovam o desenvolvimento infantil. Read More →

Como a metodologia atravessa a experiência de pesquisa no campo da Comunicação

O artigo discute o lugar da metodologia na pesquisa em Comunicação a partir da prática de pesquisa e da experiência em sala de aula. Ao identificar e explorar três atravessamentos da metodologia – epistemológicos, políticos e subjetivos – convida os leitores a pensar em como tornar o aprendizado da metodologia uma instância produtiva e produtora aos sujeitos pesquisadores. Read More →

A construção deliberada de mentiras: uma ameaça à memória coletiva

Refletir acerca das características do revisionismo, em uma dimensão política, e a sua relação com a construção de mentiras deliberada constituem os motes do artigo. Ainda, mostraremos que na perspectiva de Hannah Arendt, os elementos constitutivos da verdade factual aparecem como um antídoto capaz de mitigar os efeitos da mentira deliberada. Read More →

Como avaliar e selecionar projetos de mobilidade urbana?

Estudo propõe método alternativo para a avaliação de projetos econômicos focados na solução de problemas de mobilidade urbana. Por meio do escalonamento multidimensional, considerando a análise multivariada, os resultados mostraram que a combinação de variáveis econômicas, financeiras e espaciais é eficaz como critério para seleção dos projetos. Read More →

Engajamento de estudantes no ensino remoto avalia um curso radicalmente alterado na pandemia

A pesquisa apresenta evidências de engajamento de estudantes que participaram de um curso introdutório de Física. A pandemia da Covid-19 impôs diversas restrições ao curso, até então presencial e experimental. Apesar das restrições oriundas do formato emergencial e remoto, houve engajamento dos estudantes no curso nas dimensões cognitivo-comportamental e emocional. Read More →

Ciência Aberta: Uma experiência de open peer review na revisa Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências

O artigo foi produzido a partir de um parecer de avaliação aberta (open peer review). Nele o autor-parecerista aponta caminhos possíveis para pesquisas sobre o engajamento de estudantes, em especial no contexto de Ensino Remoto Emergencial, apresentando estudos de diferentes perspectivas teóricas e metodológicas. Read More →

DADOS: conquistas e desafios para os próximos anos

O texto encerra a participação de DADOS na Semana SciELO e discute alguns desafios adicionais que vêm pela frente, como seu caráter multidisciplinar e sua sustentabilidade. Read More →

Não existe “amanhã eu pago” na política

Se na economia não existe “almoço grátis”, na política não existe “amanhã eu pago”. Os acordos políticos precisam ser bem-feitos. Assim sendo, mais do que conhecer as regras do processo decisório, é necessário saber como os jogadores as interpretam e, não raramente, as subvertem para garantir o sucesso das negociações políticas. Este trabalho analisa a reforma da previdência do governo Lula, com foco na atuação da bancada sindical. Read More →

A transnacionalização de agricultores familiares e camponeses brasileiros

O artigo analisa a ação transnacional de agricultores familiares e camponeses da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), ao longo do tempo. Entende transnacionalização como esforço de grupos nacionais para engajarem em disputas que envolvem enquadramentos discursivos e práticas políticas transnacionais, que se consolida quando grupos aportam plataforma política própria aos debates transnacionais e atuam no estabelecimento ou na permanência das organizações e redes transnacionais às quais se articulam. Read More →

Por uma teoria sociológica sistémica e pós-colonial da América Latina

Neste artigo Roberto Dutra propõe uma teoria sociológica sistêmica pós-colonial para analisar a América Latina. O autor toma a teoria da sociedade de Niklas Luhmann como ponto de partida e propõe combinar a análise da unidade da sociedade mundial com a consideração das diferenças e variedades regionais construídas em seu interior. O resultado é uma recepção da teoria da sociedade mundial de Luhmann que corrige seus componentes eurocêntricos e uma concepção não culturalista e não essencialista da América Latina. Read More →