A onda “eco” na hotelaria: como vai a gestão hoteleira nesse novo mercado?

Iuri Amazonas, Doutorando no Programa de Ciência Ambiental – PROCAM/USP, São Paulo, SP, Brasil

O apelo mercadológico por produtos e serviços considerados “sustentáveis”, “eco-friendly” e similares tem estado cada vez mais presente no ramo da hotelaria (PERTSCHI 2006; FERNÁNDEZ-ALLES; CUADRADO-MARQUÉS; 2012; ERDOGAN; BARIS, 2007). Apesar do aumento na quantidade de certificados de qualidade socioambiental das empresas hoteleiras (GREEN HOTELS ASSOCIATION, 2012; DIAS; PIMENTA, 2005), o mercado da hotelaria ainda carece de investigações voltadas à forma como estas empresas têm reagido à demanda de consumidores mais sensíveis ao tema socioambiental. Afim de melhor entender essa nova dinâmica do mercado hoteleiro e ajudar a estabelecer um critério de avaliação da sustentabilidade na gestão hoteleira, os pesquisadores da UFPB, Iuri Amazonas, Maristela Andrade e Rodrigo Freire, ligados ao Programa de Ciências Ambientais – PRODEMA, publicaram o trabalho intitulado “Gestão ambiental hoteleira: tecnologias e práticas sustentáveis aplicadas a hotéis”, na  Ambiente & Sociedade (v. 21), que traz uma discussão do crescimento do turismo e da incorporação de tecnologias e práticas sustentáveis aos hotéis e como esta incorporação é percebida e valorizada pelos turistas, na cidade de João Pessoa-PB.

O trabalho apresenta dois índices que foram desenvolvidos e aplicados aos hotéis de João Pessoa. Os índices foram desenvolvidos a partir das tecnologias e práticas sustentáveis adotadas nos hotéis pesquisados. As principais tecnologias sustentáveis identificadas estão relacionadas à redução do consumo de energia, seguidas por materiais de limpeza biodegradáveis e painéis solares para geração de energia. As principais práticas sustentáveis identificadas foram a instalação de obras de arte de artistas locais, seguidas pelo uso de fornecedores locais (de menos de 100 km de distância), além do envio de resíduos sólidos para cooperativas de catadores.

Os resultados indicam que os hotéis pesquisados têm significativa incorporação de tecnologias e práticas sustentáveis e que os hóspedes pesquisados têm alta exigência por hotéis que investem em tais iniciativas.  Os autores esperam que os índices desenvolvidos possam ser aplicados a outras realidades nacionais, afim de que se crie um baseline da incorporação de tecnologias e práticas sustentáveis na hotelaria nacional. Ademais, que futuros estudos apontem as tendências na incorporação dessas tecnologias e práticas na hotelaria e em outros ramos de atividades do setor de turismo.

Referências

DIAS, R. and PIMENTA, M. A. Gestão de hotelaria e turismo. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

FERNÁNDEZ-ALLES, M. T., CUADRADO-MARQUÉS, R. Hotel environmental impact management: A case study in Cádiz Province. In: Soft Computing in Management and Business Economics. Springer Berlin Heidelberg, 2012. p. 335-346.

ERDOGAN N., BARIS. E. Environmental protection programs and conservation practices of hotels in Ankara, Turkey. Tourism Management, v. 28, n. 2, p. 604-614, 2007. ISSN: 0261-5177 [reviewed 20 July 2018]. DOI: 10.1016/j.tourman.2006.07.003. Avaliable from: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0261517706001312

GREEN HOTELS ASSOCIATION. Disponível em:  http://www.greenhotels.com

PERTSCHI, I. Gestão ambiental na hotelaria: um estudo da aplicação de indicadores ambientais. In: SEMINÁRIO DE PESQUISA EM TURISMO DO MERCOSUL. Caxias do Sul, 4. 2006. Disponível em: http://www.ucs.br/ucs/tplSemMenus/eventos/seminarios_semintur/semin_tur_4/arquivos_4_seminario/GT12-3.pdf

Para ler o artigo, acesse

AMAZONAS, I. T., SILVA, R. F. C. and ANDRADE, M. O. Environmental management in hotels: sustainable technologies and practices applied in hotels. Ambient. soc. [online]. 2018, vol.21, e01722. ISSN 1414-753X. [viewed 23 August 2018]. DOI: 10.1590/1809-4422asoc0172r2vu18l1ao. Available from: http://ref.scielo.org/mdkb6h

Link externo

Ambiente & Sociedade – ASOC: www.scielo.br/asoc

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

AMAZONAS, I. A onda “eco” na hotelaria: como vai a gestão hoteleira nesse novo mercado? [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2018 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2018/08/31/a-onda-eco-na-hotelaria-como-vai-a-gestao-hoteleira-nesse-novo-mercado/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation