Tag: Comunicação

Jornalismo, informação e práticas de cidadania sob a perspectiva da pesquisa em comunicação

Estudos de pesquisadores nacionais e internacionais sobre temáticas relacionadas a práticas jornalísticas, questões de ordem informacional e assuntos relacionados a pesquisa e cidadania fomentam a reflexão e debates sobre a sociedade em que vivemos. Em meio a crises políticas e sociais, o acesso à difusão do conhecimento científico e a reflexão pluralista sobre comunicação mantêm a esperança de que a reunião de ideias, concretizada em um periódico científico, possam não somente somar-se aos trabalhos realizados em uma área do conhecimento, como, também, inspirar os pesquisadores a seguirem em frente. Read More →

Como as tecnologias da comunicação vêm interferindo na política?

Estudo tenta oferecer explicações para algumas das perplexidades que as democracias do mundo vêm experimentando. Países como Estados Unidos, Reino Unido e Brasil, por exemplo, têm feito opção por líderes (Trump, Bolsonaro) ou movimentos (Brexit) políticos que negam modelos estabelecidos de debate político e prometem representar a voz do “povo”. Read More →

Seria o uso de bebidas alcoólicas incentivado em propagandas de festas divulgadas em campi universitários?

Variadas motivações festivas foram identificadas na análise semiótica de 170 cartazes de festas veiculados em um campus, com menções a bebidas alcoólicas quase sempre presentes. Informalmente, o setor de produção e comércio de bebidas alcoólicas insere-se mercadologicamente no território do campus, raramente seguindo a legislação de marketing desses produtos. Read More →

Comunicação em prol da tolerância

As perspectivas teórico-metodológicas empreendidas pelo campo da Comunicação, em sua interdisciplinaridade, estão diretamente relacionadas ao tempo e sociedade vividos, refletindo, assim, as suas necessidades. Em um contexto carente por maior tolerância, ao mesmo tempo que clama por resistência às injustiças, o periódico Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação traz nove artigos que demonstram um pouco sobre como essas questões estão sendo trabalhadas academicamente pelo campo comunicacional. Read More →

A comunicação entre a política e o imaginário

Considerando que os fluxos políticos estão intimamente relacionados com os fluxos midiáticos em nossa sociedade, é de se esperar um cenário bastante complexo, que demanda olhares atentos e análises aprofundadas. Nesse sentido, o periódico Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação apresenta artigos que discutem comunicação e política, apropriações jornalísticas, e as interrelações entre cultura, imaginário e representação. Read More →

O que sabemos sobre Residências em Saúde?

Nos últimos anos o número de programas de Residência em Saúde tem aumentado no Brasil. É importante se pensar, então, o que se tem produzido sobre tais programas no mundo. O presente artigo apresenta uma revisão integrativa de literatura que analisou o estado da arte das Residências em Saúde. Read More →

Funk, cultura do estupro e “violência ostentação”

A análise de músicas de funk com ampla repercussão midiática expôs a exaltação do estupro coletivo, a construção da “vítima perfeita”, e a erotização da infância na construção de vítimas e agressores. Aparte do papel emancipatório do funk, os discursos expuseram relações conflituosas entre os gêneros como norma social. Read More →

Zika Vírus: uma epidemia e/em seu mundo social

Decorridos quase três anos da epidemia de Zika no Brasil, dossiê publicado na Interface — Comunicação, Saúde, Educação traz à tona estudos sobre o cotidiano das mães de bebês com microcefalia. Como viveram a gestação e o parto e como tem sido o cotidiano com as crianças? Questões como essas nos levam às ideias de maternidade, infância e cuidado operantes nesse universo e assim a uma descrição densa do pós-epidemia. Read More →

Como o ‘ser’ mãe mudou o ‘ser’ usuária de Crack?

Estudo cartográfico realizado em uma capital do nordeste do Brasil, com uma gestante que fazia uso abusivo de drogas, e esteve sob cuidados das Redes Cegonha, de Atenção Psicossocial e as que são criadas em ato pelos trabalhadores, as “Redes Vivas”, permitiu a complementariedade do cuidado e do protagonismo do usuário. Read More →

Sexualidade, gênero e contracepção hormonal: regulação social de corpos femininos em disputa

As controvérsias em torno da contracepção de emergência iluminam a reflexão sobre o exercício da sexualidade feminina, sob uma perspectiva de gênero, que impõe considerar a autonomia sexual e reprodutiva das mulheres. O debate sobre a contracepção hormonal, pós-coito ou de longa duração, precisa respeitar a capacidade de discernimento das mulheres, sejam jovens ou não, pobres ou não. Read More →

O “depois” de uma epidemia: tempo e cuidado entre mães de crianças afetadas pelo Zika vírus na Bahia

Quando, em fevereiro de 2017, a Organização Mundial de Saúde declarou o fim da emergência internacional de saúde pública, as famílias brasileiras afetadas pelo vírus Zika estavam só começando um longo caminho no cuidado de crianças com um conjunto de manifestações neurológicas que hoje se denomina “Síndrome Congênita Associada a Infecção pelo Zika Vírus” (SCAIZV). Com quase 3.000 crianças afetadas no Brasil, são muitos os desafios enfrentados pelas famílias para acompanharem o desenvolvimento de seus filhos. Read More →

Como a arte cinematográfica e o acesso às emoções contribuem na formação de profissionais em saúde?

Estudo mostra a eficiência do uso da arte cinematográfica em atividades de metodologias ativas como um especial disparador de diálogos que integram emoções e racionalidades, propiciando novos caminhos de aprendizagem para o desenvolvimento de competência profissional na área da saúde. Read More →