Como realizar a divulgação da pesquisa científica em Artes Cênicas?

Gilberto Icle, Editor-chefe da Revista Brasileira de Estudos da Presença, Porto Alegre, RS, Brasil

Publicar um periódico científico no Brasil, na atualidade, é desafio constante no cotidiano de editores e editoras. Quando este periódico está no campo das artes, isso ganha outras dimensões, pois há a necessidade contínua de se reforçar intensamente – sobretudo frente a áreas mais consolidadas – sua importância.

A história dos periódicos de artes cênicas no Brasil é recente, data da década de 1990. Com muita dificuldade, a partir dos anos 2000 a área de artes cênicas começou a mostrar um desenho mais claro de seu processo de profissionalização dos periódicos. Não obstante as dificuldades, uma série de novos periódicos apareceram no cenário nacional, em sua maioria, ligadas aos emergentes programas de pós-graduação.

Assim, esse sistema complexo que relaciona pesquisa, avaliação e divulgação da produção tem passado por intensas transformações (FERREIRA, 2010). Nesse histórico, a Revista Brasileira de Estudos da Presença tem um papel fundamental: ela assegura o intercâmbio entre Brasil e exterior de um conjunto significativo de pesquisas divulgadas em diferentes línguas: português, espanhol, inglês e francês.

Sem dúvida, seu trabalho soma-se a tantos outros, que se voltam hoje a colocar em rede a pesquisa brasileira, divulgando-a e levando-a a diferentes sistemas de pesquisa pelo mundo. Essa capacidade de difusão se encontra em pleno funcionamento e tem produzido um crescente incremento da pesquisa nacional no sentido de ampliar o espectro de resultados de pesquisa e de citações de trabalhos.

Os desafios para nossos periódicos nesse contexto são enormes e ultrapassar a hegemonia do mundo anglófono com suas imensas bases de indexação é um deles. Frente ao agenciamento empresarial de tais bases de dados o risco de sermos absorvidos pelos mecanismos empreendidos por tais conglomerados de empresas torna-se cada vez mais efetivo. Trata-se, por certo, de uma dificuldade que se trama tanto na expectativa de alcançar determinados fins para se igualar aos melhores periódicos do mundo, como naquela da tentativa de garantir os elementos locais e a produção de conhecimento autônoma e democraticamente veiculada, na esperança de sermos, também nós, protagonistas desse processo.

O professor Luiz Fernando Ramos, fala a seguir, sobre esse contexto e o papel da Revista Brasileira de Estudos da Presença no panorama das publicações de Artes Cênicas no Brasil.

Referência

FERREIRA, A. G. C. Bibliometria na avaliação de periódicos científicos. DataGramaZero, v. 11, n. 3, p. A05, 2010. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/article/download/11204

Link externo

Revista Brasileira de Estudos da Presença – RBEP: www.scielo.br/rbep

Sobre Gilberto Icle

Gilberto Icle

Gilberto Icle

Gilberto Icle é doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É professor permanente no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e no Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da Universidade de Brasília. É bolsista de produtividade 1D do CNPq. E-mail: gilbertoicle@gmail.com

Sobre Luiz Fernando Ramos

Luiz Fernando Ramos

Luiz Fernando Ramos

Luiz Fernando Ramos é doutor em Literatura pela Universidade de São Paulo onde é professor e livre docente na área de teoria do teatro na Escola de Comunicação e Artes. Desde 2013 desenvolve pesquisa em torno do ideário estético de Gordon Craig, que remete às bases filosóficas da obra daquele artista e já implicou na publicação pela Editora Perspectiva, em 2017, de tradução para o português do primeiro volume, de três previstos, com comentários sobre seus principais textos teóricos, bem como de peças e artigos da revista The Mask, jamais traduzidos. É bolsista de Produtividade do CNPq e membro do CA-CNPq.  E-mail: lfr@usp.br

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

ICLE, G. Como realizar a divulgação da pesquisa científica em Artes Cênicas? [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2018 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2018/10/26/como-realizar-a-divulgacao-da-pesquisa-cientifica-em-artes-cenicas/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation