Sustentabilidade, Inovação e Empreendedorismo com base em Universitários Brasileiros e Portugueses

Luis Eduardo Brandão Paiva, Doutorando em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará na Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Fortaleza, CE, Brasil

A pesquisa intitulada “Influência da sustentabilidade e da inovação na intenção empreendedora de universitários brasileiros e portugueses” publicados no periódico Cadernos EBAPE (v. 16, n. 4), foi realizada com estudantes universitários brasileiros e portugueses dos cursos relacionados à gestão, como o curso de Administração. Buscou-se analisar a influência do comportamento sustentável – por meio da consciência ecológica (GONÇALVES-DIAS et al., 2009) – e inovador – mediante o estilo cognitivo da pessoa (processamento de informações) (FOXALL; HACKETT, 1992) na intenção empreendedora de estudantes universitários (LIÑÁN; CHEN, 2009). A pesquisa foi realizada em duas universidades: Universidade Federal do Ceará (UFC) – Fortaleza (Ceará) – Brasil; e Universidade do Algarve (UAlg) – Faro (Algarve) – Portugal.

Identificou-se influência dos familiares próximos empreendedores na Intenção Empreendedora (IE) dos estudantes universitários, os quais são relevantes para estimular e incentivar o empreendedorismo. Evidenciou-se, ainda, a influência do comportamento sustentável na IE, enfatizando a dimensão mobilização – que se refere à atitude proativa do indivíduo na busca de sensibilizar outras pessoas no concernente à conservação ambiental.

As dimensões adequação à originalidade e preferência pela mudança foram substanciais para predizer o comportamento inovador na IE. Como efeito, foi possível verificar que os indivíduos com comportamentos mais voltados à originalidade, que compartilham ideias, estimulam outras pessoas e gostam de variar rotinas já estabelecidas; e os indivíduos que precisam do estímulo da mudança frequente são, por sua vez, aqueles que manifestaram maior IE.

De modo geral, as seguintes variáveis predizem a IE: Mobilização; Adequação à originalidade; Preferência pela mudança; Familiares próximos empreendedores; Universidade; Gênero (homens) e os Primeiros semestres da universidade.

Sob o ponto de vista do impacto desta pesquisa no curto prazo, perpetua-se, fundamentalmente, no incentivo de políticas e práticas às Instituições de Ensino Superior (IES), com o propósito de impulsionar as questões ambientais para os estudantes universitários, que, em sua maioria, se mostram com IE. Pelo fato de a IE ser essencial para o empreendedorismo, em uma perspectiva de longo prazo, esta pesquisa fornece suporte suficiente que pode impactar o empreendedorismo como um todo.

Embora a literatura sobre intenção empreendedora seja ampla, tanto nos bancos de dados nacionais como internacionais, não foram encontrados estudos que possibilitassem o alinhamento da inovação e da sustentabilidade na intenção empreendedora dos estudantes universitários, o que é fundamental para sobrelevar um caráter inovador para esta pesquisa.

Referências

FOXALL, G. R. and HACKETT, P. M. W. The factor structure and construct validity of the Kirton Adaption-Innovation Inventory. Personality and Individual Differences, v. 13, n. 9, p. 967-975, 1992. ISSN: 0191-8869 [viewed 12 December 2018]. DOI: 10.1016/0191-8869(92)90130-H. Avaliable from: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/019188699290130H

GONÇALVES-DIAS, S. L. F. et al. Consciência ambiental: um estudo exploratório sobre suas implicações para o ensino de administração. RAE-eletrônica, v. 8, n. 1, Art. X, 2009. ISSN: 1676-5648 [viewed 12 December 2018]. Avaliable from: https://rae.fgv.br/sites/rae.fgv.br/files/artigos/10.1590_S1676-56482009000100004.pdf

LIÑÁN, F. and CHEN, Y. W. Development and Cross‐Cultural application of a specific instrument to measure entrepreneurial intentions. Entrepreneurship Theory and Practice, v. 33, n. 3, p. 593-617, 2009. ISSN: 1042-2587 [viewed 12 December 2018]. DOI: 10.1111/j.1540-6520.2009.00318.x. Avaliable from: https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1111/j.1540-6520.2009.00318.x?journalCode=etpb#articleCitationDownloadContainer

Para ler o artigo, acesse

PAIVA, L. E. B. et al. Influence of sustainability and innovation on the entrepreneurial intention of Brazilian and Portuguese university students. Cad. EBAPE.BR [online]. 2018, vol.16, n.4, pp.732-747. ISSN 1679-3951. [viewed 4 February 2019] DOI: 10.1590/1679-395167527. Available from: http://ref.scielo.org/v8r74p

Link externo

Cadernos EBAPE.BR – CEBAPE: www.scielo.br/cebape

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

PAIVA, L. E. B. Sustentabilidade, Inovação e Empreendedorismo com base em Universitários Brasileiros e Portugueses [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2019 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2019/02/04/sustentabilidade-inovacao-e-empreendedorismo-com-base-em-universitarios-brasileiros-e-portugueses/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation