Quem vota na América Latina?

Ednaldo Aparecido Ribeiro, Docente do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais, Universidade Estadual de Maringá, PR, Brasil

RSOCP_logoEm artigo publicado na Revista de Sociologia e Política (volume 23, número 54), pesquisadores da Universidade Estadual de Maringá e da Universidade Federal de Santa Catarina estudaram os fatores que favorecem o comparecimento do eleitor latino-americano nas eleições nacionais e identificaram que características nacionais, como a obrigatoriedade constitucional e a divisão do legislativo em duas casas, e características individuais, como o nível de escolaridade e o apego à democracia, afetam esse comportamento na região.

Foram usados na pesquisa dados produzidos pelo Instituto Latinobarômetro, que em 2009 perguntou aos cidadãos de 18 países da América Latina sobre o seu comparecimento ou não nas eleições nacionais. Os autores utilizaram em suas análises uma metodologia estatística que permitiu combinar tanto as informações sobre o contexto político e econômico das nações, quanto a características individuais dos entrevistados.

O trabalho se insere em um debate atual sobre o envolvimento decrescente dos cidadãos em atividades políticas tradicionais no cenário mundial, especialmente o voto. Os resultados encontrados confirmam conclusões internacionais, como o efeito positivo da obrigatoriedade constitucional, mas também encontraram novidades como o maior comparecimento em contextos de ineficiência governamental e países com menor Produto Interno Bruto per capita. Apontam também para um perfil de eleitor assíduo: mais escolarizados, com mais idade, que acreditam na lisura do processo eleitoral e comprometidos com a democracia. Como os autores sintetizam “o comparecimento eleitoral na América Latina seja a voz dos cidadãos portadores de maiores recursos, que valorizam a democracia e suas instituições, mas que estão insatisfeitos com a economia e que vivem em contextos de baixa efetividade governamental” (RIBEIRO; BORBA; SILVA, 2015, p. 102).

Para ler o artigo, acesse:

RIBEIRO, E. A., BORBA, J. and SILVA, R. Comparecimento eleitoral na América Latina: uma análise multinível comparada. Rev. Sociol. Polit. [online]. 2015, vol.23, n.54, pp. 91-108. [viewed 17th September 2015]. ISSN 1678-9873. DOI: 10.1590/1678-987315235406. Available from: http://ref.scielo.org/hf8knw

Link externo:

Revista de Sociologia e Política – http://www.scielo.br/rsocp

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

RIBEIRO, E. A. Quem vota na América Latina? [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2015 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2015/09/28/quem-vota-na-america-latina/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post Navigation