RAE debate qualidade de pesquisas científicas e periódicos acadêmicos

Maria José Tonelli, Editora-chefe da RAE e professora da Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil

rae_logoRAE traz uma discussão que marca essa terceira edição de 2016: a qualidade das pesquisas científicas e os periódicos acadêmicos editados por instituições ou sociedades dos países da América Latina. Já no editorial, apresentamos uma reflexão sobre os dilemas enfrentados pelos periódicos. Outro desafio importante está em atender à crescente pressão para publicação em língua inglesa quando ainda é necessário aprimorar pesquisas e artigos em português. Para elevar a relevância do conteúdo, é preciso atrair submissão de autores brasileiros talentosos, porém, os pesquisadores, por sua vez, são pressionados por suas instituições a publicar em journals de prestigio predominantemente dos países desenvolvidos.

A questão da qualidade não é de responsabilidade única dos periódicos, uma vez que depende de fatores complexos e observamos que todos os agentes envolvidos possuem um papel importante nesse processo. Como exemplo, temos a relação dos programas de pós-graduação com os órgãos que regulamentam as métricas de avaliação da qualidade. Dependemos, ainda, da articulação entre vários atores sociais: professores, alunos, editores, coordenadores de programa e congressos acadêmicos.

Nesse sentido, dois artigos publicados nessa edição exploram essas questões de perspectivas diferentes, em “Using expert judgments to rank 45 Latin American business journals”, Sérgio Olavarrieta avalia a qualidade dos periódicos científicos publicados na América Latina e mostra, entre outros critérios, que publicar trabalhos relevantes, com metodologias sofisticadas, sobre tendências, é ainda a melhor alternativa para aumentar o fator de impacto dos periódicos científicos. Já a pensata “Dez anos de Consumer Culture Theory: Delimitações e aberturas”, de Letícia Moreira Casotti e Maribel Carvalho Suarez debate como estimular o interesse de mestrandos em Administração para a leitura de artigos conceituais e a importância das abstrações teóricas para a compreensão da realidade social.

Os demais artigos que compõem a edição abordam temas importantes para a realidade local: Renê Birochi e Marlei Pozzebon, em “Improving financial inclusion: Towards a critical education framework”, com base num estudo na Amazônia brasileira, propõem como a educação financeira, baseada em tecnologias de informação, pode ter impacto para empreendedores de baixa renda e levar à emancipação social. O artigo “Reanalizando la competitividad en la industria del fútbol: diferencia acumulada de puntos” de Thadeu Gasparetto e Angel Barajas trata da economia do esporte, fundamentado num estudo comparativo de campeonatos de futebol. Antonio Benedito de Oliveira Jr., Felipe Mendes Borini, Roberto Carlos Bernardes e Mauro José de Oliveira, a partir de pesquisa realizada com 101 empresas brasileiras apresentam o artigo “Impact of entrepreneurial orientation on strategic alliances and the role of top management”, no qual argumentam que a orientação empreendedora e alianças estratégicas devem ser utilizadas para melhorar o desempenho da firma, especialmente quando se trata de pequenas e médias empresas.

A pesquisa de Eduardo Acuña e Matias Sanfuentes, relatada em “Ambiguity in the identity transformation of public health organizations”, trata de um tema clássico, mas ainda assim relevante, que é a questão da identidade organizacional. A resenha sobre o livro Key concepts in creative industries, de John Hartley, Jason Potts e Stuart Cunningham, e as indicações bibliográficas sobre remuneração dos executivos e empreendedorismo nas indústrias criativas completam a essa edição.

Para ler o artigo, acesse

BIROCHI, R. and POZZEBON, M. Improving financial inclusion: towards a critical financial education framework. Rev. adm. empres. [online]. 2016, vol.56, n.3, pp.266-287. [viewed 1st August 2016]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/S0034-759020160302. Available from: http://ref.scielo.org/pgktyk

GASPARETTO, T. and BARAJAS, A. Reanalizando la competitividad en la industria del fútbol: diferencia acumulada de puntos. Rev. adm. empres. [online]. 2016, vol.56, n.3, pp.288-301. [viewed 1st August 2016]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/S0034-759020160303. Available from: http://ref.scielo.org/xc2mt7

OLAVARRIETA, S. Using expert judgments to rank 45 Latin American business journals. Rev. adm. empres. [online]. 2016, vol.56, n.3, pp.302-314. [viewed 1st August 2016]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/S0034-759020160304. Available from: http://ref.scielo.org/nvw3hh

OLIVEIRA JUNIOR, A. B., BORINI, F. M., BERNARDES, R. C. and OLIVEIRA, M. J. Impact of entrepreneurial orientation on strategic alliances and the role of top management. Rev. adm. empres. [online]. 2016, vol.56, n.3, pp.315-329. [viewed 1st August 2016]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/S0034-759020160305. Available from: http://ref.scielo.org/kvhpxm
ACUNA, E. and SANFUENTES, M. Ambiguity in the identity transformation of public health organizations. Rev. adm. empres. [online]. 2016, vol.56, n.3 , pp.330-341. [viewed 1st August 2016]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/S0034-759020160306. Available from: http://ref.scielo.org/b7hvns

CARMONA, P., FUENTES, C. and RUIZ, C. Risk disclosure analysis in the corporate governance annual report using fuzzy-set qualitative comparative analysis. Rev. adm. empres. [online]. 2016, vol.56, n.3, pp.342-352. [viewed 1st August 2016]. ISSN 0034-7590. DOI: 10.1590/S0034-759020160307. Available from: http://ref.scielo.org/6yf3bh

Link externo

Revista de Administração de Empresas – RAE: www.scielo.org/rae

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

TONELLI, M. J. RAE debate qualidade de pesquisas científicas e periódicos acadêmicos [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2016 [viewed ]. Available from: http://humanas.blog.scielo.org/blog/2016/09/16/rae-debate-qualidade-de-pesquisas-cientificas-e-periodicos-academicos/

 

Post Navigation