Como utilizar a meta-análise para a abordagem de estudos bibliométricos?

Janette Brunstein e Silvia Marcia Russi De Domenico, Editoras-chefe da Revista de Administração Mackenzie – RAM, São Paulo, SP, Brasil.

Vitória Batista Santos Silva, Suporte técnico da Revista de Administração Mackenzie – RAM, São Paulo, SP, Brasil

A meta-análise é um recurso de combinação de resultados ainda pouco explorado na área da administração. Na edição da RAM – Revista de Administração Mackenzie (v. 20, n. 5), um dos artigos aborda o uso desta técnica para os estudos bibliométricos de administração.

No estudo de Pereira et al. (2019), “Meta-analysis as a research tool: a systematic review of bibliometric studies in administration” a técnica de meta-análise é utilizada como uma aplicação à produção bibliométrica no período de 1998 a 2017, com o objetivo de caracterizar a produção científica internacional na área de Administração neste período. Dessa forma, a pergunta a ser respondida no estudo em questão é: “qual o perfil das pesquisas e a evolução dos estudos bibliométricos na área da Administração, nos artigos publicados em periódicos internacionais, no período de 1998 a 2017?” (p. 4). A originalidade do estudo consiste no fato da meta-análise ser ainda um recurso pouco explorado nos estudos de administração.

Como fonte dos artigos a serem analisados, os autores utilizaram a base Web of Science, utilizando a área business para a busca dos artigos apenas na língua inglesa. A pesquisa foi dividida em dois períodos: de 1998 a 2007, e de 2008 a 2017. Foram identificados 25 artigos que utilizam as técnicas de pesquisa bibliométrica no primeiro período, e 144 artigos no decênio seguinte, o que evidencia o aumento da produção bibliométrica na área analisada. Na tentativa de minimizar os pontos fracos característicos da meta-análise, os autores procuraram realizar a pesquisa com várias categorias, o que pontuaram ser uma tendência na bibliometria.

A metodologia do trabalho é caracterizada como quali-quantitativa, tendo como base o conceito de meta-análise de Figueiredo Filho et al. (2014) e Brei, Vieira e Matos (2014), e Paterson (2001), dentre outros autores. Pode-se dizer que os autores realizaram uma investigação sistemática, dividindo a pesquisa em duas partes: a primeira caracterizada por uma macroanálise – que forneceu uma visão mais geral da pesquisa na área de administração, com ênfase no perfil acadêmico dos estudos bibliométricos – e a segunda como uma microanálise, que buscou caracterizar as mudanças que teriam ocorrido no período analisado.

As classificações nas quais os autores se apoiaram para o estudo englobam fatores como a frequência das publicações de acordo com a ordem cronológica, indicadores de cocitação e de coautoria, entre outras. Com relação aos resultados encontrados, foi possível identificar o já mencionado aumento da produção bibliométrica comparando os dois períodos analisados, com destaque para os segmentos de gestão, empreendedorismo e inovação no primeiro período analisado, e para os segmentos de planejamento e gestão no período seguinte.

Referências

BREI, V. A., VIEIRA, V. A. and MATOS, C. A. de. Meta-Análise em Marketing. Revista Brasileira de Marketing – Remark, v. 13, n. 2, p. 84-97, 2014. ISSN: 2177-5184 [viewed 28 November 2019]. DOI: 10.5585/remark.v13i2.2681. Available from: http://www.revistabrasileiramarketing.org/ojs2.2.4/index.php/remark/article/view/2681

FIGUEIREDO FILHO, D. B. F. et al. O que é, para que serve e como se faz uma Meta-Análise? Teoria & Pesquisa: Revista de Ciência Política, v. 23, n. 2, p. 205-228, 2014. e­-ISSN: 2236-0107 [viewed 28 November 2019]. DOI: 10.4322/tp.v23i2.401. Available from: http://www.teoriaepesquisa.ufscar.br/index.php/tp/article/view/401

PATERSON, B. L.  The shifting perspectives model of chronic illness. Journal of Nursing Scholarship, v. 33, n. 1, p. 21-26, 2001. e-ISSN: Online ISSN: 1547-5069 [viewed 28 November 2019]. DOI: 10.1111/j.1547-5069.2001.00021.x. Avaliable from: https://sigmapubs.onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1547-5069.2001.00021.x

Para ler o artigo, acesse

PEREIRA, R. S. et al. Metanálise como instrumento de pesquisa: uma revisão sistemática dos estudos bibliométricos em administração. RAM, Rev. Adm. Mackenzie, v .20, n. 5, eRAMG190186, 2019. ISSN: 1678-6971 [viewed 28 November 2019]. DOI: 10.1590/1678-6971/eramg190186. Avaliable from: http://ref.scielo.org/kzb75c

Link externo

RAM. Revista de Administração Mackenzie – RAM: www.scielo.br/ram

 

Como citar este post [ISO 690/2010]:

Como utilizar a meta-análise para a abordagem de estudos bibliométricos? [online]. SciELO em Perspectiva: Humanas, 2019 [viewed ]. Available from: https://humanas.blog.scielo.org/blog/2019/11/28/como-utilizar-a-meta-analise-para-a-abordagem-de-estudos-bibliometricos/

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Post Navigation