Author: Educação E Pesquisa

O conceito de reprodução interpretativa e as pesquisas na Educação: aspectos e implicações teóricas

Modelo de “teia global”

Reprodução Interpretativa é uma releitura do conceito clássico de socialização no sentido que coloca novos e mais complexos elementos para a compreensão do desenvolvimento infantil. O ponto central é considerar tal desenvolvimento a partir de uma perspectiva não somente psicológica, mas também social, com ênfase nas ações sociais das crianças. Read More →

Os principais temas da pesquisa de alto impacto sobre educação e covid-19

Mapa-múndi com rede de colaboração entre países

A agenda de pesquisa acerca da covid-19 e seus diversos impactos no campo da educação torna-se um desafio para nós pesquisadores e pesquisadoras, uma vez que a súbita adequação dos sistemas educacionais ainda é desafio global. Nesse sentido, o presente estudo buscou na análise da literatura de alto impacto descrever os principais temas de pesquisa que relacionam a educação e a covid-19, em vistas a contribuir na elaboração de uma agenda de pesquisa que dialogue com as diversas consequências globais da temática abordada. Read More →

Reorganização dos fazeres docentes na educação infantil: o atendimento não presencial na pandemia pelo SARS-CoV-2

Gráfico com atividades e materiais utilizados no ensino remoto emergencial classificados em "muito importante", "importante", "neutro", "pouco importante" e "não importante"

A problemática dos processos educacionais na educação infantil no contexto do COVID-19 foi abordada com um questionário on-line respondido por professores de educação infantil. Pôde-se constatar que a maioria dos profissionais não teve formação tecnológica para uso pedagógico de ferramentas de comunicação ou mídias sociais, destacando o uso intenso do WhatsApp e do Facebook. Read More →

20 anos depois: pensar com e sem Bourdieu

Uma arte em fundo vinho, a foto de Pierre Bourdieu, um homem de meia idade, caucasiano, cabelo escuro e curto. A foto tem um efeito nas cores vinho e branco. Texto ao lado em cores brancas: 20 anos depois: pensar com e sem Bourdieu. Abaixo o texto "Arte: Comunicação e Mídia FEUSP" e os logos da FEUSP e da USP.

Pierre Bourdieu foi um autor marcou a sociologia francesa e a ciência mundo afora. Suas contribuições e reflexões para compreensão do mundo social, com destaque para a educação, são retomadas nesta Seção Temática, que homenageia o autor e busca discutir sua trajetória, recepção e teoria, e desenvolver análises sociais contemporâneas em diálogo com seus conceitos. Read More →

Habitus e Relações Sociais de Gênero na Elite Paulistana

Fundo azul claro. No centro, três quadrados que parecem ser dados de madeira com os respectivos símbolos: gênero masculino, sinal de igual e gênero feminino.

A perspectiva de gênero na análise das elites paulistanas mostra um contexto privilegiado onde a construção social das masculinidades e feminilidades é permeada por mudanças e permanências. Assim, padrões estabelecidos são quebrados e, ao mesmo tempo, mantidas as escolhas educacionais e posições de status em função de expertises, subjetividades e berço familiar. Read More →

Entre cenas violentas e memórias escolares: o “mar de bullying” contra pessoas LGBT+

Uma criança veste uma blusa azul e estende as mãos viradas pra cima, elas estão pintadas formando um arco-íris.

A compreensão das vivências de pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e com outras identidades (LGBT+) acerca da escola perpassa o que chamaram de “mar de bullying” – o soco recebido, o xingamento escutado e o vexame apontado são algumas das cenas violentas que foram experienciadas durante a trajetória escolar. Read More →

O que as crianças surdas dizem sobre a escrita?

As crianças surdas mobilizam habilidades diferentes das utilizadas pelos ouvintes na apropriação do sistema de escrita alfabético, pois para as pessoas surdas o aspecto visual é fundamental. Sua alfabetização e letramento devem se fundamentar em pressupostos bilíngues e visuais para a compreensão da escrita alfabética por estas crianças. Read More →

Educadores não-docentes na formação cidadã: possibilidades para a assistência estudantil

Debates sobre modelos pedagógicos abriram espaço para o surgimento de uma educação cidadã, uma nova função social da escola e uma nova função pedagógica de seus profissionais – entre eles os profissionais da assistência estudantil, que podem contribuir no processo educacional não somente por meio de auxílios financeiros, mas com ações adicionais que favorecem a formação integral do estudante. Read More →

Justiça e educação: como pensar uma escola justa?

A seção temática “Justiça e Educação: um debate necessário” traz pesquisas sobre este tema candente e urgente, simultaneamente clássico e contemporâneo, objeto de atenção no país e no mundo. Pesquisadores relacionaram a justiça e a educação com foco nas reverberações das políticas educacionais na escola, nas desigualdades que nela são reproduzidas e produzidas e suas possibilidades de reversão. Read More →

A imagem e a força de um povo: os tehêy de pescaria Pataxoop

Quando queremos conhecer as relações entre o povo indígena Pataxoop, seus valores ancestrais e suas práticas sociais não podemos esquecer dos desenhos de D. Liça, chamados de Teheys. Penetrando pelos espaços da escola e da aldeia, os tehêys retratam os mitos nos quais os indígenas Txihy buscam a força de Yãmixoop para resistirem aos ataques de Yãnthi. Read More →

A qualidade da educação para a proteção integral à criança e ao adolescente

A educação é um direito humano e quando ofertada com qualidade leva crianças e adolescentes a usufruírem suas capacidades humanas. Se este direito é cerceado pela (in)ação do Estado, leva o Ministério Público a atuar, inclusive extrajudicialmente. Verificamos como se procede esta atuação analisando os documentos do projeto MPEduc, em Pernambuco, que nos permitiu constatar que, fundamentado nos princípios protetivos do ECA, o MPPE tem sido um importante aliado na qualificação do direito à educação ofertado pelo estado e municípios. Read More →

Como estudantes de mestrado vivenciam o ensino da leitura e da escrita em sua formação

Mestrandos de um curso de Comunicação e Sociedade de uma universidade pública, considerando o trabalho realizado pelos professores universitários, narram suas experiências relacionadas às práticas de leitura e escrita dos gêneros acadêmicos, a exemplo da dissertação. Read More →