Monthly Archives: November 2020

You are browsing the site archives by month.

Em busca de uma economia esquecida no fundo da Mata Atlântica

A mata atlântica, moldura do litoral da Baixada Santista, é mais que o testemunho da exuberante vegetação original do território. Guarda também os vestígios da primeira ocupação econômica da região, que esta pesquisa começa a desvendar, com o objetivo de publicar em um atlas interativo. Read More →

A expansão da malha fundiária paulista e a ocupação do sertão, séculos XVI ao XIX

Estudo busca discutir o processo de expansão da colonização das terras no rumo do oeste paulista. Analisa a interação entre a pequena lavoura de alimentos, baseada na terra informalmente ocupada, e a grande lavoura comercial e escravista. O artigo pretende apontar para o papel de desbravador das terras do sertão exercido pelos roceiros e posseiros, que são seguidos pelos grandes lavradores, que conseguem, por sesmarias ou compras, adquirir a terra dos primeiros. Read More →

A fazenda mista colonial paulista entre a economia e a cultura

Este texto é uma espécie de manifesto em prol de uma renovada vertente da história agrária colonial. Centra-se no modo de vida constituído no período colonial no espaço da capitania vicentina (São Paulo) que tinha, por epicentro, a vida na fazenda, entendida como microcosmo socioeconômico e cultural. Read More →

Balanço historiográfico e novas perspectivas sobre desenvolvimento econômico e expansão territorial de São Paulo

O estudo contextualiza a proposta do dossiê História da colonização em terras paulistas (séculos XVI-XX). Sob a luz da História Econômica, construiu-se um texto propositivo e de síntese com o objetivo de realizar um balanço historiográfico sobre os sentidos da colonização que configuraram a integração e a ampliação dos laços entre São Paulo e o mercado mundial, bem como de desenvolvimento do mercado interno. Read More →

História (São Paulo), fazendo História há quase quatro décadas na visão do professor José Luis Bendicho Beired

Entrevista mapeia a trajetória do periódico História (São Paulo) desde os anos de 1980, entrelaçando o surgimento de antigas publicações que antecederam o periódico com a própria história da formação dos Departamentos de História da Unesp de Assis e de Franca, bem como dos dois Programas de Pós-Graduação em História, que neste ano de 2020 passaram por um processo de fusão. Read More →

História (São Paulo) na Semana Especial do Blog SciELO em Perspectiva | Humanas

Entre os dias 23 a 27 de novembro de 2020, o periódico História (São Paulo), participa da Semana Especial do Blog SciELO em Perspectiva | Humanas. O leitor encontrará nesta semana press releases, entrevista, vídeos e podcast com um pouco da história do periódico, sua política editorial e a apresentação de alguns dos artigos que compõem o primeiro dossiê do volume 39. Read More →

Quais são os riscos de violências que ameaçam o direito das crianças mais pobres?

Estudo coloca em discussão os riscos que rondam os direitos da infância. O texto situa os cotidianos infantis sob ameaça da violência multifatorial, a partir das falas de 301 entrevistados, abrangendo seis programas que atendem crianças, adolescentes e jovens em contextos de alta vulnerabilidade, em quatro países da América Latina. Read More →

As ocupações das escolas pelos secundaristas: uma luta geracional?

As ocupações de escolas pelos secundaristas ao longo de 2015 e 2016 foram um acontecimento muito significativo no cenário político. Adolescentes com pouca participação na política organizaram um movimento nacional que parou as atividades escolares e ocupou milhares de escolas em todo o Brasil. Read More →

Quais são as principais tendências na privatização da educação em países africanos?

Estudo apresenta as principais tendências no âmbito da privatização da educação em 24 países africanos considerados frágeis pela Parceria Global para a Educação (PGE), comparando as diferenças e os pontos em comum. A PGE é um ator relevante no cenário das políticas educacionais globais e que influencia diretamente políticas educativas nacionais. Read More →

Habitações teatrais misturam ficção no cotidiano de bairros tradicionais de Belo Horizonte

Abordando as habitações teatrais “Saudade” e “Naquele Bairro Encantado”, realizadas pelo grupo Teatro Público de Belo Horizonte, MG, o estudo propõe pensar o habitar como estética do público e, para isso, são esboçadas algumas características da habitação teatral a partir das estéticas ligadas ao caminhar e a outras práticas espaciais. Read More →

Como investir em novas abordagens para reduzir o estigma em relação às pessoas que usam drogas?

Apesar de décadas de estudos constatando a existência do estigma relacionado ao uso de drogas, as iniciativas para lidar com esse problema ainda são reduzidas. Dentre os estudos propostos, apesar de indicadores positivos de resultados, diversas limitações impossibilitam assegurar a efetividade dessas intervenções. São necessários avanços propondo novas alternativas baseadas em evidências. Read More →

A importância da linguagem corporal no contexto esportivo

Estudo analisou, sob a perspectiva dos praxemas, a importância da linguagem corporal de jogadores em jogos esportivos coletivos, especificamente no voleibol. Concluiu-se que durante o processo de ensino-aprendizagem, em seus mais diferentes âmbitos, o professor deve desenvolver os processos de leitura de jogo e tomada de decisão, contemplando alguns conhecimentos específicos de sua lógica interna, como as interações motrizes de cooperação e oposição que são estabelecidas entre os jogadores. Read More →