Tag: História

Estudo bibliométrico revela quando a palavra globalização deu lugar a internacionalização na pesquisa em Administração

Em comemoração aos 55 anos da RAE, celebrados na nova edição, volume 57, número 4 de 2017, o periódico apresenta um artigo especial com a pesquisa bibliométrica realizada em seu acervo por especialistas da FGV. Os autores identificaram os diferentes períodos na gestão do periódico e também algumas curiosidades, como quando o termo “globalização” sumiu do vocabulário dos pesquisadores brasileiros. Read More →

RAE: História e tradição em publicação científica

Na história de 55 anos da RAE, ex-diretores e editores destacam a ousadia de publicar um periódico científico quando os cursos de Administração de Empresas no Brasil eram recentes. Ao longo de sua trajetória, RAE passou por diferentes períodos de gestão e mudanças editoriais que a transformaram numa das mais tradicionais publicações da área. Read More →

FGV Escola de Administração de Empresas de São Paulo, uma escola americana?

O contexto do pós-guerra e o sucesso da economia industrial dos Estados Unidos cooperaram para a expansão do ensino em management estadunidense em várias partes do mundo e, talvez, do estilo de vida americano. Na década de 50, o Brasil ansiava pelo desenvolvimento industrial e econômico e, nesse contexto, brasileiros e americanos criaram a Escola de Administração de Empresas de São Paulo, a FGV EAESP. Read More →

Bakhtinianos brasileiros históricos em Bakhtiniana

O número 2 de 2017 da Bakhtiniana, entre os diferentes estudos do discurso publicados, destaca aqueles de três bakhtinianos brasileiros que já podemos considerar históricos: Beth Brait, Carlos Alberto Faraco e Irene Machado, todos eles envolvidos com a perspectiva dialógica da linguagem ao menos desde a década de 1980. Read More →

A reforma gerencial como uma forma de legitimar o estado social

A Reforma Gerencial visou legitimar o Estado Social que teve seu surgimento ainda nos anos 1940, tornando o provimento dos grandes serviços sociais universais mais eficientes. O Banco Mundial, responsável pelas reformas neoliberais, foi contra a Reforma Gerencial com o argumento do “sequenciamento”. A reforma gerencial do Estado começa no final do século XX, em alguns países não apenas ricos, como o Reino Unido e a Austrália, mas também de renda média como o Brasil e o Chile. Read More →

Conservadorismo, religião e política: um diálogo entre Brasil e Argentina

Moral religiosa e liberdade sexual são intrinsecamente opostas? A produção científica é patrimônio exclusivo da esfera secular? Todo direito democrático deve ter base científica? Para interrogar esses lugares comuns de modo a torná-los problemas socioantropológicos, entrevistamos Ronaldo de Almeida e Juan Marco Vaggione, que publicaram artigos focalizando relações sobre religião e esfera pública no nº 50 do cadernos pagu. Read More →

Leituras de “A Cabana do Pai Tomás” no Brasil escravista

No Brasil escravista do século XIX, a edição em português do livro “A Cabana do Pai Tomás” atenuava sua potencialidade crítica e transformadora. A edição continha intervenções do tradutor que permitiam, aos leitores do mundo lusófono, conceber o fim da escravidão num futuro bem mais distante. Read More →

Bioética é essencial?

O consentimento informado surgiu do julgamento das experiências nazistas durante a segunda guerra mundial. Apesar de mais de 60 anos, ainda há muito que refletir sobre essa exigência que busca proteger a vulnerabilidade dos participantes de pesquisa e assegurar seus direitos humanos. Read More →

Museu lança primeira edição de 2017 do Boletim de Ciências Humanas

Agora avaliado como Qualis/Capes A1 para Linguística, nossa primeira edição de 2017 apresenta também Arqueologia, Antropologia e História em 13 artigos que abordam desde a forma ancestral de se deparar com a morte até as maneiras como o câncer foi visto pela medicina brasileira no século XX. O tom é a ideia de tempo e espaço como criações simbólicas. Read More →

Como a ideologia afeta as atitudes dos países latino-americanos com relação aos Estados Unidos

Pesquisa analisa a importância da ideologia nas relações entre países da América Latina e os Estados Unidos, testando a expectativa de que os governos de esquerda são, em geral, críticos com relação a Washington, enquanto os governos de direita seriam amigáveis. Read More →

Identificação policial no atlântico sul-americano

Estudo apresenta como nas últimas décadas do século XIX, difundiram-se no mundo diferentes métodos de identificação. No espaço atlântico sul-americano, dois desses sistemas, a antropometria e a datiloscopia, disputaram a hegemonia nas polícias. Read More →

“Ciência, raça e eugenia”, na segunda metade do século XX, é tema de destaque em Varia Historia

As relações entre ciência, raça e eugenia geraram controvérsias de aspectos políticos e sociais desde longa data. Surpreendente, elas vêm assumindo novo fôlego em nossos dias. O tema é foco do novo dossiê da Varia Historia, que traz instigantes abordagens em seis artigos originais de renomados pesquisadores. Read More →