Category: Ep

A imagem e a força de um povo: os tehêy de pescaria Pataxoop

Quando queremos conhecer as relações entre o povo indígena Pataxoop, seus valores ancestrais e suas práticas sociais não podemos esquecer dos desenhos de D. Liça, chamados de Teheys. Penetrando pelos espaços da escola e da aldeia, os tehêys retratam os mitos nos quais os indígenas Txihy buscam a força de Yãmixoop para resistirem aos ataques de Yãnthi. Read More →

A qualidade da educação para a proteção integral à criança e ao adolescente

A educação é um direito humano e quando ofertada com qualidade leva crianças e adolescentes a usufruírem suas capacidades humanas. Se este direito é cerceado pela (in)ação do Estado, leva o Ministério Público a atuar, inclusive extrajudicialmente. Verificamos como se procede esta atuação analisando os documentos do projeto MPEduc, em Pernambuco, que nos permitiu constatar que, fundamentado nos princípios protetivos do ECA, o MPPE tem sido um importante aliado na qualificação do direito à educação ofertado pelo estado e municípios. Read More →

Desigualdade educacional no acesso ao ensino superior é marcada por aspectos estruturais étnico-raciais

O estudo indica, a partir da análise de informações do IBGE, que o processo de desigualdade no acesso de negros e negras ao ensino superior é influenciado pelas trajetórias escolares nas etapas que antecedem a chegada no ensino superior, em especial as relacionadas a frequência, permanência e conclusão do ensino médio. Read More →

Como estudantes de mestrado vivenciam o ensino da leitura e da escrita em sua formação

Mestrandos de um curso de Comunicação e Sociedade de uma universidade pública, considerando o trabalho realizado pelos professores universitários, narram suas experiências relacionadas às práticas de leitura e escrita dos gêneros acadêmicos, a exemplo da dissertação. Read More →

Silenciamento de mulheres em narrativas sobre a Escola Normal

Políticas de silenciamento orientam a organização de arquivos escolares, atualizando os silenciamentos vivenciados por mulheres em narrativas sobre o magistério. Modos criativos das mulheres devem aparecer em acervos de arquivos como condição de possibilidade para produções textuais que sustentem protagonismos marcados por experiências generificadas e racializadas. Read More →

Propagação do empreendedorismo na Educação Básica

Por meio da pedagogia empreendedora, a forma-empresa é reproduzida de forma cada vez mais enfática. Tal ênfase produz um modelo normativo em que todos os sujeitos devem se responsabilizar por atingir suas metas de vida, o que reforça a fragilidade deste modelo que desconsidera a impossibilidade de uma grande parcela da população de manter à altura desta norma. Read More →

Criticado por uns e admirado por outros, o que pensa Gramsci sobre a educação e a escola?

Este artigo apresenta os resultados de investigações das concepções de educação e de escola de Antonio Gramsci (1891-1937), para averiguar a identidade teórico-metodológica que guardam. Conclui-se que as formulações do comunista revolucionário italiano são expressões atualizadas do legado do marxismo originário e, portanto, não podem ser confundidas com concepções liberais. Read More →

Formar educadores para atender as esferas locais na Educação de Jovens e Adultos

Estudo apresenta reflexões de uma pesquisa sobre o atendimento à Educação de Jovens e Adultos (EJA) no âmbito local em microrregiões de Minas Gerais e discute a formação de educadores a partir das constatações “A EJA vai acabar”, “Caí na EJA” e “Me joguei na EJA”. Essas questões reforçam que somente o reconhecimento não tem sido suficiente para amparar uma proposta de EJA, que atenda ao provimento de vaga de educador por meio do concurso público e à formação continuada voltada para as especificidades de jovens, adultos e idosos. Read More →

O direito de participar (ou não) na infância: estratégias e poderes

O estudo discute a partir das percepções das crianças como a participação, enquanto direito garantido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente e pela Lei da Primeira Infância, emerge enquanto direito de se envolver (ou não) e transformar o contexto socioeducacional na Escola Viva Olho do Tempo (João Pessoa – PB). Read More →

Guerra ao governo democrático das infâncias

Estudo traça uma breve genealogia do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e analisa a sua emergência no processo de redemocratização do país. Tratava-se de uma forma democrática de governo, mantendo-as sob a tutela dos adultos. Read More →

Universidade: protagonista ou “figurante” na formação de professores?

Estudo aborda efeitos de uma crise que atinge as universidades na contemporaneidade: o Estado, ao aliar-se ao setor privado, destitui as universidades tanto de capitais financeiros – diminuição de investimento – quanto de capitais simbólicos, que a distinguem no campo educacional. É a descapitalização simbólica da universidade. Read More →

As ocupações das escolas pelos secundaristas: uma luta geracional?

As ocupações de escolas pelos secundaristas ao longo de 2015 e 2016 foram um acontecimento muito significativo no cenário político. Adolescentes com pouca participação na política organizaram um movimento nacional que parou as atividades escolares e ocupou milhares de escolas em todo o Brasil. Read More →